É hora de uma atitude diferente no combate à violência, por Mário Lima Jr.