Buscar

Diego São Paio não resiste ao cerco dos vereadores e é exonerado por Nanci



Diego São Paio não é mais secretário de Educação. Ontem ele foi avisado de sua exoneração pessoalmente em seu gabinete pelo prefeito José Luiz Nanci.

Vários motivos que se imbricaram contribuíram para a saída de Diego da Semed, mas o principal deles foi o descontentamento quase geral e visceral dos vereadores com o modelo de gestão adotado pelo agora ex-secretário.

Diego negociou e conseguiu com o prefeito a secretaria de 'porteira fechada' ainda no segundo turno das eleições, tirando dos parlamentares o 'direito' de nomear livremente seus correligionários nas escolas, uma tradição que perdurava há décadas e que era um dos pilares de sustentação do governo na Câmara.

Pelo menos desde março se podia ouvir nas sessões plenárias os murmúrios dos vereadores contra o secretário, e desde então já se falava numa possível queda de Diego São Paio, que foi encarada por ele, erroneamente, como bravata que jamais influenciaria o prefeito, porque o principal fiador de sua permanência na Semed era o presidente da Câmara, Diney Marins, aliado incondicional de Nanci naquele momento.

Só que os ventos políticos mudaram e as relações entre Marins e Nanci ficaram estremecidas. Um grupo liderado pelos vereadores Eduardo Gordo e José Carlos Vicente aproveitou o vácuo, avançou para cima do prefeito e condicionou qualquer tipo de apoio ao governo à saída de Diego São Paio da secretaria.

Some-se a isso, as tratativas entre os parlamentares com Ricardo Pericar, vice-prefeito, para derrubar Nanci e alçá-lo à cadeira mais importante da Feliciano Sodré.

Era uma ameaça real que o governo levou em consideração em meio às diversas dificuldades administrativas que não conseguia sanar e era constantemente bombardeado por isso, tanto pela oposição quanto por aliados.

Diego percebeu as movimentações, mas preferiu priorizar a gestão em vez da política. A gestão, elogiada por vários segmentos, não o segurou. A política - ou a falta dela - o derrubou.

O episódio abre um precedente muito perigoso: o 'piccianismo'. Os vereadores atropelam todas as linhas institucionais que separam os poderes para impor ao executivo, via chantagem, os interesses pessoais dos parlamentares articulados em bloco.

Isso vai dar ruim, e nenhum secretário está livre de cair mesmo que esteja exercendo um bom trabalho.

Estamos vivenciando um parlamentarismo mequetrefe em São Gonçalo só possível com um governo fraco.

Veja o pronunciamento sobre a exoneração feito por Diego São Paio em sua página no Facebook.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#SÃOGONÇALO #POLÍTICA #JOSÉLUIZNANCI #DIEGOSÃOPAIO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon