Buscar

Casos de sífilis explodem em SG e prefeitura reage



O secretário de Saúde de São Gonçalo, Dimas Gadelha, divulgou um dado alarmante esta semana: Os casos de sífilis congênita na cidade entre 2010 e 2016 tiveram uma evolução de incríveis 727%, saindo de 47 casos notificados para 342. Só no primeiro semestre de 2017 já são 173 pacientes com diagnósticos de sífilis confirmados.

A sífilis é uma doença transmitida sexualmente através de uma bactéria. Além da contaminação pela relação sexual sem preservativo, a doença pode ser transmitida para o bebê, em sua forma congênita, se não for detectada no início da gestação.

Para combater o problema, informação. Gadelha coloca em prática nos próximos dias a 'Blitz da Saúde' inspirada na Operação Lei Seca. Médicos, enferemeiros e pessoal de apoio irão ocupar pontos estratégicos de entretenimento noturno com folhetos explicativos e material para realização de testes rápidos para sífilis e HIV.

- A população deve se prevenir contra a sífilis e outras doenças transmitidas por relação sexual, usando sempre preservativo. O aumento nos casos da doença é decorrente de múltiplas causas, como a queda no uso do preservativo, sobretudo entre pessoas de 20 a 24 anos, faixa etária onde comumente se registra maior atividade sexual e sem parceria fixa - disse Gadelha.

Ainda segundo Gadelha, em todo o país, a taxa de bebês com sífilis congênita em 2015 foi de 6,5 casos a cada mil nascidos vivos – 13 vezes mais do que é tolerado pela Organização Mundial de Saúde e 170% a mais do que o registrado em 2010. A sífilis em gestante passou de 3,7 para 11,2 casos a cada mil nascidos vivos, um aumento de 202%.

Tratamento

Caso a doença não seja tratada, apresenta uma mortalidade de 8–58%, com maior taxa de mortalidade entre homens. Ao longo dos séculos XIX e XX, os sintomas de sífilis foram-se tornando menos graves, devido em parte à disponibilidade de tratamentos eficazes e em parte à diminuição da virulência da bactéria.

Quando se inicia o tratamento nos estágios iniciais, a doença causa poucas complicações. A sífilis aumenta o risco de transmissão de HIV entre duas e cinco vezes, sendo a coinfecção muito comum.

Em 2015, Cuba tornou-se o primeiro país no mundo a erradicar a transmissão de sífilis entre mãe e filho.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#SÍFILIS #SÃOGONÇALO #CIDADE #DIMASGADELHA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon