Buscar

SMDS oferece 600 vagas em cursos profissionalizantes



De A Tribuna

O segundo semestre de 2017 tem início com mais de 13 milhões de brasileiros desempregados, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e com o objetivo de mudar esta realidade, investir na inclusão produtiva e capacitar cada vez mais pessoas para o mercado de trabalho, o secretário Municipal de Desenvolvimento Social de São Gonçalo, Marlos Costa (PSB) irá reativar os cursos de qualificação profissional. Ao todo, serão 600 vagas distribuídas por nove Centros de Referência e Assistência Social (CRAS). O objetivo é ampliar para todos os 19 equipamentos. As inscrições terão início no próximo dia 14.

Em reestruturação desde o início do ano, a iniciativa do secretário Marlos Costa tem como objetivo descentralizar as capacitações, que antes aconteciam apenas em Vista Alegre. “São cursos de rápida duração e, com isso, mais pessoas de diferentes bairros poderão se capacitar sem precisar se locomover para outras regiões”, disse o secretário, que acredita na retomada das capacitações.

- Apesar das dificuldades que o nosso município enfrenta, o nosso prefeito José Luiz Nanci tem honrado seu compromisso com a população. E seguindo esse objetivo, nós, da Secretaria de Desenvolvimento Social, também estamos nos empenhando para que cada vez mais pessoas tenham seus direitos garantidos. Mais do que capacitar para o mercado de trabalho, estamos apostando e investindo em sonhos - disse ele.

Para se inscrever é preciso ter 16 anos ou mais, escolaridade a partir 5º ano do ensino fundamental e estar cadastrado no Cras da sua região. No ato do cadastro é preciso levar identidade, comprovante de residência e NIS (Número de Identificação Social). Quem não possui, poderá realizar o cadastro no Cadúnico no momento do registro. O curso de montagem e manutenção exige também noções básicas de Informática.

Os cursos fornecidos serão corte de cabelo feminino e masculino, barbearia, designer de sobrancelha, maquiagem, manicure, manutenção e montagem de computadores, panificação, pizzaiolo, marcenaria e costura industrial. As inscrições vão até o dia 24 de agosto.

AMPLIAÇÃO

Sobre a rede de atendimentos nos bairros, Marlos disse que os Centros de Referências de Assistência Social (Cras) foram ampliados e agora oferecem atividades através de oficina. “Hoje, todos o 19 Cras funcionam para a juventude com capoeira, jiu-jitsu, escolinha de futebol, música, artesanato e teatro e artes plásticas, temos mais de 20 oficinas que a gente oferece para idosos, crianças e adolescentes”, explicou.

Segundo o secretário, a ideia é transformar a realidade dos centros, antes vistos apenas como espaços para as pessoas que buscavam o bolsa-família. “Hoje o Cras se torna uma referência para os bairros, de um lugar onde as pessoas podem de um lado ter acesso aos benefícios da assistência social. E é neste espaço que acontece a garantia dos direitos da população mais necessitada e menos favorecida”, realçou.


DESAFIO

Segundo Marlos, o governo está vivendo um desafio, mas dando conta do recado. Ele disse que a previsão de orçamento foi de R$ 1,1 bilhão, mas que o município está executando em torno de R$ 900 milhões.

- O prefeito José Luiz Nanci já pagou a nove folhas salariais e a metade do 13º. A folha de julho foi paga nesta sexta, isso tudo num cenário de crise o governo começa a acertar a questão das contas publica. Com a economia nas despesas, o compromisso dele está sendo alcançado - realçou Marlos.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#SÃOGONÇALO #SMDS #CIDADE #MARLOSCOSTA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon