Ao estilo 'tô nem aí', desembargadora não se arrepende de ser o que é