Buscar

Senadora Ana Amélia não é apenas uma imbecil, é mau caráter mesmo



A senadora gaúcha Ana Amélia, aquela coisa pavorosa que o Brasil inteiro conheceu no processo de impeachment no Senado, acusou a colega Gleise Hoffmann de incitar grupos fundamentalistas do Isis a virem ao Brasil defender o PT.

Ana Amélia - que bem ao figurino fascista defendeu os tiros, bombas e chicotes contra a caravana de Lula no sul do país no mês passado - justificou a 'denúncia' após Hoffman ser entrevistada pela TV do Catar, a Al Jazeera, relacionando-a ao grupo assassino Al Qaeda.

Não sei exatamente se essa associação se deu ao artigo árabe Al que vem antes do nome ou se por estupidez ela acha que é tudo árabe e, portanto, tudo terrorista. Não sei. O que realmente sei é que procuradores e outro idiota, o deputado Major Olímpio, embarcaram na onda da senadora.

Abaixo, texto do Fernando Brito via Tijolaço.

Não é burrice. É o obscurantismo em marcha

Por Fernando Brito

Ontem, resisti à tentação de acompanhar a “zoação” nas redes sociais com o fato de, por falar a rede de televisão Al Jazeera, uma das mais importantes emissoras do mundo, ser acusada por uma notória direitista, a senadora Ana Amélia, de que exortava “o Exército Islâmico a vir ao Brasil proteger o PT!”.

Achei que era apenas mais uma expressão “folclórica” da direita, no padrão das que asistimos todos os dias, partidas dos Magno Malta, dos Malafaia e Bolsonaro, ou de um daqueles deputados da tatuagem de hena.

Como estupidez contagia e essa gente quer é “causar” dizendo tal tipo de asneira, achei que era, como dizia minha avó, mais um “traque” verbal desta turma.

Infelizmente, é pior que isso.

Agora cedo, no Estadão, revela-se que “a Procuradoria-Geral da República instaurou procedimento preliminar para analisar a possibilidade de abrir inquérito sobre um vídeo gravado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), para a TV Al-Jazira”.

A iniciativa partiu da “titular da Secretaria Penal da PGR, subprocuradora Raquel Branquinho.”

O disparate teria tido origem na pataquada de um deputado bolsonarista, Major Olímpio, que apresentou à PGR documento em que diz que a emissora “alcança regiões em que há concentrações de diversos grupos terroristas, colocando em risco também a segurança nacional do Brasil”.

O mesmo argumento serve, claro, para a CNN e para a BBC que, tanto quanto a Al Jazeera, transmitem para dezenas de países no mundo inteiro.

Não é possível acreditar que seja apenas burrice e desinformação sobre a emissora árabe.

É, como disse na tribuna do Senado a própria Gleise, “má-fé e desvio de caráter”.

Aos quais, ao dar seguimento, a Procuradoria Geral da República se associa, embarcando neste disparate.

Depois não adianta fazer cara de indignação quando os brutamontes espancam o sírio que vende quibe e esfirra na barraquinha.

É assim que o nazismo, racista e xenofóbico, se espalha.

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.

#DAKIEDELÁ #GLEISEHOFFMANN #POLÍTICA #PT #ANAAMÉLIA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon