Buscar

Niterói terá mais de R$ 3 bilhões de receita em 2019



Serão aproximadamente R$ 668 milhões a mais em relação a 2018 graças ao dinheiro dos royalties do petróleo

De A Tribuna

A previsão de arrecadação de receita do Município de Niterói, para o ano de 2019, é de R$ 3.284.491,00. É o que consta na meta fiscal contida na proposta de Lei Orçamentária Anual (LDO) para o próximo ano. O orçamento previsto para este ano foi de R$ 2.616.551.299,65. A mensagem executiva com a LDO, aprovada em primeira discussão no último dia 6, será votada em segunda, no próximo dia 28, às 17h. Recebeu 66 emendas dos vereadores.

Segundo a mensagem, enviada pelo Poder Executivo, encerrado o exercício financeiro de 2017, verificou-se que o município atingiu um superávit primário de R$ 207 milhões, ou seja, foi gerado volume suficiente para pagar suas contas usuais, sem que seja comprometida sua capacidade de administrar a dívida existente. Esse superávit foi 41.809% acima do previsto.

Este resultado teve, como um dos fatores, o expressivo aumento nos ingressos de recursos provenientes de transferências intergovernamentais. No âmbito da União, destacam-se os repasses referentes à compensação financeira pela exploração de petróleo, principalmente, as participações especiais (+196%), e, no que se refere às transferências do Estado, destaca-se o aumento das transferências do ICMS de, aproximadamente, 23%, comparado ao previsto. Devido a entrada desses recursos, foi possível que o município realizasse créditos suplementares por excesso de arrecadação, em aproximadamente, R$ 367 milhões, possibilitando incremento em torno de 56% em despesas com investimentos.

Prioridades

Entre as prioridades contidas no documento estão: promover a universalização do acesso à informática e à internet; ações que visem à melhoria dos indicadores de educação; investir em projetos que fomentem a melhoria da qualidade da atenção básica de saúde; alavancar a vocação natural do município para o turismo; potencializar boas opções de cultura, esporte e lazer; adotar mecanismo para o enfrentamento à violência urbana; mapear, elaborar projetos e captar recursos para a melhoria da infraestrutura urbana, construção de habitações de interesse social e gestão de riscos; incentivar a preservação do meio ambiente, com atenção especial à gestão e destinação final de resíduos sólidos; captar recursos que visem a implantação de projetos de melhoria da gestão e mobilidade urbana; ampliar as ações de atenção à população de rua, qualificando as equipes envolvidas e garantir a transparência, por meio da divulgação de informações sobre a execução orçamentária e financeira.

(...)

Gostou? Curta a página Daki no facebook aqui e fique bem informado.


#NITERÓI #CIDADE #ROYALTIES

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon