Buscar

Romário, Paes e Garotinho devem disputar triangular final, mas 'Baixinho' é favorito, diz pe



O senador e ex-craque dos gramados Romário Faria, do escrete do Podemos, está batendo um bolão na corrida pelo governo do estado. O instituto Paraná Pesquisas foi a campo entre os dias 14 e 19 de julho para medir a preferência do eleitorado fluminense, e deu o 'Baixinho' na cabeça.


O 'americano' Romário lidera as preliminares da campanha com 24,3% da galera, tendo a menor rejeição entre os 'joões' da política: 47,6%. Só um 'Maracanazzo' o tira da disputa do segundo turno, a única certeza do certame.

Tudo indica que quem deve fazer o clássico decisivo com Romário é o vascaíno Eduardo Paes (DEM), que aparece em segundo lugar com 15,1% de preferência, mas que não pensa em ser vice no jogo final em 28 de outubro. Para tanto, vai ter que tirar de cima de si a zica do PMDB e de outro vascaíno, o Cabral, e derrubar a rejeição de 62% que possui hoje entre os eleitores.

O ex-governador Garotinho (PRP) sonha em jogar e vencer o triangular final do campeonato eleitoral, mas tá difícil. Ele está tecnicamente empatado com Paes, com 13,5%, mas sua rejeição é estratosférica: 72,5%.

Os outros candidatos prometem ser apenas coadjuvantes nessas eleições. Depois dos três primeiros, aparecem - pela ordem - Índio da Costa (PSD), 7,2%; o vereador carioca Tarcísio Motta (PSOL), 3,8%; o deputado estadual Pedro Fernandes (PDT), 2,7%; a filósofa Márcia Tiburi (PT), 2,1%; o advogado Marcelo Trindade (Novo), 2%; o juiz Wilson Witzel (PSC), 1,8%; o deputado federal Marcelo Delaroli (PR), 1%; o antropólogo Rubem César Fernandes (PPS), 0,9% e o vereador de Niterói Leonardo Giordano (PC do B), 0,6%.

Paes, pra aliviar a barra com os maricaenses depois do episódio 'cidade de merda', tirou da disputa o filho da terra, Delaroli, para ser seu vice. O anúncio foi feito nesta semana depois que a aliança nacional do PR com Bolsonaro (PSL) deu chabu.

O instituto também testou o cenário sem o rubro-negro Garotinho, e o panorama pouco ou nada muda.

De acordo ainda com a pesquisa divulgada hoje (20), que tem margem de erro de 2,5%, não souberam responder 3,7% dos entrevistados e 21,3% disseram que não votariam em nenhum dos nomes citados. Foram entrevistados 1.860 eleitores com 16 anos de idade ou mais em 46 municípios fluminenses.

Mal mesmo está o atual e moribundo governador Luiz Fernando Pezão. Com rejeição de mais de 80% da população ao seu governo, Pezão já está matematicamente rebaixado na política com a pior avaliação de um governador na história do Rio de Janeiro.

O levantamento do instituto Paraná Pesquisas foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número RJ-06304/2018.

#POLÍTICA #ELEIÇÕES2018 #ROMÁRIOFARIA #EDUARDOPAES #ANTHONYGAROTINHO #HELCIOALBANO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon