Buscar

'O Lago dos Cisnes', em cartaz no Imperator, é poético, filosófico e reflexivo


Na história de Tchaikovsky, Odette é uma princesa que foi transformada em Cisne pelo feiticeiro Rothbart


Juliana Martins dá vida a heroína/Foto: Janderson Pires

O Imperator abriu suas portas no sábado (21), para a estreia de “O Lago dos Cisnes”, com a casa cheia. O espetáculo é o primeiro do projeto Música Clássica no Teatro para Crianças, que promete levar ao público outras grandes obras eruditas, em solos infantis.

Inspirada na obra de Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893) a montagem com direção de Alexandre Lino e texto de Daniel Porto é dividida em 4 atos, entre músicas e libreto do gênio russo. Vai além da encenação ao buscar uma reaproximação da população com a música clássica. Para tanto, a trilha sonora é linda e a linguagem de fácil entendimento, ou seja, é um espetáculo indicado para todas as famílias, espaços culturais e escolas, que no final de cada apresentação pode acontecer um debate em torno da peça.

- A obra de Tchaikovsky é extraordinária. Antes de realizar esse trabalho foi preciso pedir licença e agradecer. Cada dia era uma nova descoberta para todos nós. E o diálogo entre a dança, a música, o teatro, as artes plásticas e a performance nós alcançamos. - revela Lino, com sucesso em “O Porteiro”, mas aqui sendo o olhar de fora.

Odette é uma princesa que foi transformada em Cisne pelo feiticeiro Rothbart, que com ela queria se casar e tomar posse de seu reino. Condenada a permanecer como Cisne, a bela princesa só pode ter o feitiço quebrado quando assim encontrar quem realmente lhe jure amor eterno. Uma linda história, que prende a atenção do espectador, do início ao fim.

Juliana Martins, com papéis no cinema, teatro e TV, agora sozinha em cena para dar vida a Odette. A atriz se desdobra em personagens que nos fazem acreditar estar acompanhada deles, diante a veracidade de sua interpretação. É seu primeiro solo, em aproximadamente 30 anos de carreira. O cenário instigante transmite o novo para as crianças, atentas a cada movimento, pensativas.

O Lago dos Cisnes” é repleto de nuances e contornos abstratos. As penas da ave são um emaranhado de poesias, inspirando o mais adormecido dos poetas. Um espetáculo que não apenas entretém e diverte; mas que leva os espectadores a momentos de reflexão, colaborando de alguma forma na formação humana e cultural dos pequenos.

Ficha Técnica

Texto: Daniel Porto

Direção: Alexandre Lino

Elenco: Juliana Martins

Dir. de arte: Karla de Lucca

Iluminação: Paulo Denizot

Trilha sonora original: Alex Fonseca, adaptação de Tchaikovisky

Consultoria artística e dança: Giselda Fernandes

Dir. de produção, Produção e Realização: CineTeatro e Bubu Produções

Desingner gráfico: Guilherme Lopes Moura

Ass. de imprensa: Minas de ideias

Idealizador: Alexandre Lino.

Serviço

Imperator – Centro Cultural João Nogueira

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier

Informações: (21) 2597-3897

Temporada: de 21 de julho a 05 de agosto. Sábados e domingos, às 16h.

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

Compre o ingresso aqui.


Andre Santana é ator, poeta, escritor e produtor cultural.

#CULTURA #OLAGODOSCISNES #TEATRO #IMPERATOR #ANDRESANTANA #CRÔNICAS #ARTIGOS

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon