Buscar

São Gonçalo celebra 128 anos com Desfile Cívico


Além dos tradicionais desfiles, a festa atraiu mais de três mil pessoas ao Clube Mauá


A população de São Gonçalo acompanhou o desfile cívico realizado neste sábado (22), em comemoração pelos 128 anos de emancipação político-administrativa da cidade. O desfile, que começou às 8h30, percorreu as ruas Francisco Portela e Feliciano Sodré e contou com a participação do Exército, Marinha, Banda de Gaitas Brazilian Pipers, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, ex-combatentes, escoteiros do Brasil, entidades filantrópicas, além de escolas públicas e privadas do município.

Para o prefeito José Luiz Nanci, a celebração serve justamente para lembrar uma data que simboliza a autonomia conquistada pelo município.

- Muitas pessoas não sabem da real importância de serem chamados a desfilar. Mas são ações que contribuem no reforço do patriotismo entre os jovens, lembrando a eles nossa história e nossas raízes - declara o chefe do executivo. 

Em greve, os profissionais da educação fizeram um protesto pacífico e democrático durante o desfile.

Este ano, desfilaram as seguintes escolas: E.M. Ricardo Parise, E.M. Dr.Armando Ferreira Leão, Banda da Amma, E. M. Presidente Castelo Branco, C.M. Estephânia de Carvalho, C.M. Irene Barbosa Ornellas,  E.M. Prefeito Nicanor Ferreira Nunes, E.M. Lúcio Thomé Feteira, C.M. Amaral Peixoto, E.M. Alberto Torres, E.M. Anísio Teixeira, E.M. Almirante Alfredo Carlos Soares Dutra, C.M. Ernani Faria e C.E. Melchíades Picanço, Cap. Dom Helder Câmara/ Universo, C.E. Pericar, I.C. Olavo Bilac, C.E. Cecília Meireles, I. E. Clélia Nanci, C. E. Mendes Duarte.

- Os alunos se dedicaram muito na preparação para esta festa do município, com muito amor e paixão. Felicito a cidade pelos 128 anos de emancipação, ao prefeito José Luis Nanci, pela realização desta festa - explica a diretora da Escola municipal Estephânia de Carvalho, Liana Pessoa.

Neste ano, o aniversário de São Gonçalo contou com a estreia de algumas instituições durante o desfile, como é o caso do Espaço do Autista, que atende portadores do transtorno do espectro autista (TEA) na cidade. A presidente da instituição, Márcia Medeiros, ressalta que é muito importante dar voz a esta causa.

- Precisamos combater o preconceito e mostrar que os portadores de TEA são tão capazes quanto qualquer pessoa. Por isso, o desfile de aniversário é tão importante para a gente, pois nos dá a chance de lembrar desta causa. Foi muito legal ver o retorno positivo da população enquanto passávamos pela avenida - contou.


Nascida em São Gonçalo, a aposentada Vanuza Gonçalves, 64 anos, acompanha o desfile anualmente. "Meus filhos cresceram desfilando por escolas e desde então acompanho o evento. É importante que os jovens permaneçam com esta tradição tão bonita", explica. 

Quem fechou o desfile foram os motorizados, levantando o público presente com a apresentação de carros antigos e personalizados. Participaram desta etapa os grupos Guerreiros da Paz e Moto Clube, Auto Relíquias Clube, Carrasco de Ferro, Toca do Lobo, Moto Grupo Guerreiro Invencível, Cruz Vermelha e Samu. O evento contou com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal, Defesa Civil, Samu e Cruz Vermelha, que ficaram localizados em pontos estratégicos para atender ao público presente.

Shows atraem mais de 3 mil no Mauá

- Mesmo com as dificuldades nosso povo é muito lutador e merece celebrar esse dia - disse a autônoma Eliete Martins, de 48 anos, moradora do bairro Santa Luzia, que foi acompanhada das duas filhas aos shows de comemoração do aniversário da cidade, no Clube Mauá. Em uma parceria com o Balanço Geral RJ, a programação foi transmitida ao vivo, e contou com apresentações do grupo Revelação, a cantora Lexa, o grupo Batuque na Mesa e Dj Tubarão que animaram a festa com mais de 3 mil pessoas. 

A festa atraiu milhares de famílias de todos os bairros da cidade, como foi o caso da aposentada Maria Amélia, de 75 anos, moradora do bairro Pacheco, que saiu de casa bem cedo junto do esposo Jorge dos Santos, de 67 anos. Ela conta que todo ano acompanha as solenidades e ficou muito feliz em poder ver de perto os seus artistas favoritos. 

- Me arrumei bem cedo e vim com meu esposo e amigos para acompanhar tudo. É uma festa que atrai todas as pessoas. Nasci e cresci em São Gonçalo e fico muito feliz em comemorar mais um ano da minha cidade - E destacou: "Além dos cantores eu vim ver de pertinho o Tino júnior, ele é muito querido", disse. 

Acreditando que uma cidade se faz através das histórias dos seus habitantes, o apresentador Amin Khader fez a alegria da festa e enquanto os shows aconteciam no palco, no gramado, ele entrevistava o público. 

- São Gonçalo é uma cidade muito querida por mim, que sempre me recebeu de braços abertos. Estou muito feliz em participar dessa grande festa e poder conhecer um pouco mais de cada gonçalense e suas histórias - disse. 

O Revelação, um dos grupos de pagode mais consagrados do país, foi uma das atrações da festa. O vocalista Davi Pereira, nascido e criado no bairro Arsenal, falou sobre a alegria de comemorar o aniversário da sua cidade natal cantando para os seus conterrâneos.

- É uma emoção muito grande fazer parte dessa festa junto à esse público maravilhoso. Esse ano está sendo ainda mais especial porque é a primeira vez que me apresento no aniversário da minha cidade junto com o Revelação. Tenho muito carinho por esse povo que sempre nos recebe tão bem - disse Davi.

A pescadora Vânia Sueli da Silva, de 60 anos, era uma das mais animadas da festa. Nascida e criada em São Gonçalo, a moradora de Itaipu fez questão de trazer a família para celebrar o aniversário da cidade. 

- Eu amo São Gonçalo e a festa está maravilhosa. Vou ficar até o final curtindo cada momento com o meu filho e meu neto - afirmou ela.


Fotos: Girley Oliveira , Jonas Guimarães e Lucas Alvarenga.

#CIDADE #SÃOGONÇALO #ANIVERSÁRIO #EMANCIPAÇÃO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon