Buscar

A hora e a vez da base nos clubes do Rio, por Victor Machado



Com o final da temporada do futebol brasileiro em 2018, pipocam em várias partes do país os torneios das categorias da base. Sem dúvidas, a Taça São Paulo de Futebol Júnior, com início em janeiro é a principal competição. Com os cofres vazios, os clubes cariocas certamente irão utilizar muitos jovens atletas. Nossa coluna listou as principais joias dos clubes cariocas para 2019.


Vitor Gabriel (Flamengo) Aos 18 anos é da mesma geração de Lincoln e Vinícius Júnior. Destaque do título da Copa São Paulo 2018, o jogador recebe elogios por conta da estatura e faro de gols. Com 1,84m, é constantemente comparado ao “Imperador” Adriano. O técnico Abel Braga, tem fama de aproveitar bem os garotos. Marcos Paulo (Fluminense) Criado em Santa Izabel (São Gonçalo), o atacante, conhecido como ‘MP’, de 17 anos, vem se destacando na base tricolor e da Seleção Brasileira. É figurinha certa nas competições de juniores desse final de ano e já despertou o interesse da Juventus da Itália. Pode ser uma surpresa já no Campeonato Carioca. Igor Cássio (Botafogo) É um centroavante moderno, que além de jogar dentro da área sabe jogar também fora, usando os lados do campo. Teve recentemente uma grave lesão no joelho, porém já recuperado, espera novas oportunidades. Com passagens pela seleção sub – 20, pode ser uma opção para o técnico Zé Ricardo. Marrony (Vasco da Gama) Um atacante que consegue aliar altura e velocidade e desandou a fazer gols em 2018 nos torneios de juniores. É tratado como uma das principais promessas do clube, um dos candidatos a seguir os passos de Paulinho – vendido ao Bayer Leverkusen, da Alemanha, no começo do ano.

#RESENHADAKI #VICTORMACHADO #VASCO #FLAMENGO #FLUMINENSE #BOTAFOGO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon