Buscar

Especialista alerta sobre câncer de intestino e reto



Neste mês, o projeto Saúde do Servidor chega a sua segunda edição. Desta vez, o médico endocrinologista Carlos Alfredo de Brito, formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e funcionário da FUNASG desde 1999, explica os cuidados necessários para evitar o câncer de colorretal.

Março marca o mês de conscientização desta doença, que afeta o intestino grosso ou sua porção final, o reto. De acordo com o especialista, mais importante que o exame é o paciente estar alerta aos sinais.

"A pessoa pode detectar o problema através dos seguintes sinais: evacuação com muco, evacuação com sangue, dores abdominais, diarreias constantes e evacuações intermitentes. Não necessariamente a pessoa estará com câncer se apresentar estes sintomas, mas é importante realizar o exame como prevenção", explica.

A doença pode ser detectada através do exame de sangue, mas o ideal é a realização do exame de colonoscopia para detecção de pólipos na região afetada. No início, eles não são malignos. Por isso a importância de descobrir o problema o mais rápido possível.

O câncer colorretal começa a aparecer com mais frequência a partir da quinta década de vida, por isso, deve ser feito (independentemente dos sintomas) a partir dos 50 anos, no geral a cada 5 anos, como forma de prevenção.

Carlos Alfredo de Brito ainda destaca a melhor forma de evitar esta doença: a alimentação. "Quanto mais fibras forem ingeridas, menos chances de ter esses pólipos. É importante evitar gordura e carne vermelha em excesso e substituir esses alimentos por frutas, legumes e verduras", completa.

O munícipe que deseja realizar a colonoscopia deve ser encaminhado através da Central de Regulação, após consulta prévia em uma unidade de saúde. O exame é realizado no Hospital Municipal Doutor Luiz Palmier, no Zé Garoto.

FUNASG

A FUNASG tem como objetivo prestar assistência à saúde do servidor municipal. As marcações de consultas podem ser feitas pelo site ou pelos telefones 21-3513-7383 e 21-3513-7202, cujos atendimentos são para os servidores e dependentes regularmente inscritos na órgão.

Projeto

O "Saúde do Servidor" irá trabalhar com uma temática vivenciada no dia a dia dos servidores, seus dependentes e da população em geral. Todo mês, um profissional da Fundação Municipal de Assistência à Saúde dos Servidores de São Gonçalo (FUNASG) irá desmistificar um assunto e torná-lo mais acessível ao público. O intuito é levar dicas de especialistas aos gonçalenses, com ênfase na multiplicação de informações úteis e relevantes.

#CIDADE #SÃOGONÇALO #SAÚDE #CÂNCERCOLORRETAL

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon