Buscar

Centro-Dia e Espaço de Saúde do Idoso completam um mês em SG


Também existe Centro de Referência para atendimento a mulheres e pessoas com deficiência


A expectativa de vida no Brasil chegou aos 76 anos, 30% a mais do que nas últimas duas décadas. Assim como tudo na vida, envelhecer é um processo, e pensando no bem estar e na promoção de saúde, uma parceria entre a Secretaria de Políticas Públicas para Idoso, Mulher e Pessoa com Deficiência; Desenvolvimento Social e Saúde garantiu a inauguração, há um mês, do Centro Dia e do Espaço Avançado de Atendimento à Saúde do Idoso, no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo. Com capacidade para atender 60 pessoas, o complexo tem mudado a realidade atual de 50 idosos inscritos nas diversas oficinas e serviços, que vão desde musicoterapia a atendimento clínico.

- O papel social do idoso mudou muito com o tempo. Antigamente tínhamos uma visão de que sua principal e, às vezes, única função seria cuidar dos netos. Mas, sabemos que não é assim. O idoso é uma pessoa socialmente ativa como qualquer outra faixa etária, e promover espaços que possibilitem acolhimento e um envelhecimento saudável, além de conviver com outras pessoas de idades semelhantes, é de grande importância. Em apenas um mês já identificamos casos de depressão e outras vulnerabilidades que foram transformadas ao longo desse tempo justamente por pensarmos a saúde do idoso de forma integral - afirmou a assistente social e coordenadora do Centro Dia, Angélica Souza.

A maioria dos idosos acompanhados no complexo possuem mais de 60 anos, são moradores do bairro Jardim Catarina e moram com as suas famílias. Previsto no Estatuto do Idoso, o Centro Dia é um espaço de acolhimento temporário. Formado por uma equipe multidisciplinar com psicólogo, assistente social, enfermeiros da área de gerontologia, fisioterapeuta e geriatra, o espaço oferta oficinas de musicoterapia, alongamento, jogos que estimulam a memória e concentração, memória e alfabetização.


- Aqui eu fiz muitos amigos, ganhei mais ânimo de viver e hoje conto os dias pra chegar aqui. Faço musicoterapia e me sinto muito bem recebida. Pra mim, ser idoso é saber viver, e enquanto eu estiver aqui quero cuidar de mim. Foi muito bom ter encontrado um espaço como esse - disse a aposentada Arlete Germano da Silva, de 80 anos, que também realiza ginástica no CRAS Santa Isabel, onde uma de suas quatro filhas reside.

- Esse é um espaço que olha para a saúde da pessoa idosa de forma integral. A gente sai um pouco da via de só cuidar de doenças. Muitos deles são economicamente ativos, muitos são a base financeira da família. Promover saúde é também reconhecer a independência e autonomia de cada um deles. Quando chegam aqui, eles passam por um acolhimento com enfermeiros que avaliam suas maiores necessidades, fazem diferentes testes de riscos e são divididos em grupos, onde cada um tem um foco na melhora da saúde desse idoso - relatou Elisa Bamberg, enfermeira de gerontologia e coordenadora do Espaço Avançado de saúde.

O complexo multidisciplinar ainda abriga um Centro de Referência para atendimento em casos de violência e violação de direitos para mulheres e pessoas com deficiência

- Um espaço como esse reafirma o compromisso do prefeito José Luiz Nanci no cuidado com as pessoas e na garantia da qualidade de vida da população. Somos uma cidade com um grande número de idosos, e poder proporcionar a eles um espaço de cuidado e resgate da autoestima é de grande importância. É mais um espaço da e para a população - afirmou a secretária de Políticas para Mulher, Idoso e Pessoa com Deficiência e Desenvolvimento Social, Marta Figueiredo.

SERVIÇO

Rua Albino Imparato, 1501, Jardim Catarina (Em frente a Lona Cultural)

#CIDADE #SÃOGONÇALO #IDOSO #SMDS #SAÚDE #MULHER

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon