Buscar

O domínio do Flamengo no Rio, por Victor Machado


Pule de dez! No turfe, é assim que se diz quando um cavalo é muito superior aos demais e sua vitória é tida como certa. A aposta é uma barbada. Após a conquista do seu 35º título estadual, ficou mais do que nítida a superioridade econômica e consequentemente técnica do Flamengo em relação aos seus rivais cariocas. Porém, a tímida comemoração ao final da vitória de 2 a 0 sobre o Vasco no Maracanã, mostrou que os objetivos em 2019 ainda estão longe de serem alcançados. A Copa Libertadores, onde a situação é complicada, e as competições nacionais (Brasileirão e Copa do Brasil), são os reais desafios diante de tamanho investimento, nesses casos não há grande favoritismo rubro negro.


Foto: Alexandre Vidal/Site CR Flamengo

Quarta feira decisiva

O Flamengo volta a Libertadores na altitude 2800 metros da cidade de Quito (Equador), contra a LDU, jogo decisivo que pode dar a classificação ao rubro negro. Os equatorianos são osso duro de roer, um empate pode ser comemorado como vitória. Já o Vasco, que após a decisão de domingo demitiu o técnico Alberto Valentim, tentará reverter contra o Santos em São Januário, um placar adverso de 2 a 0. Missão dificílima.


Fluzão numa boa

Após vencer pela Copa do Brasil, o Santa Cruz no Maracanã por 2 a 0, o Tricolor vai até Recife na quinta feira, para o jogo de volta contando com a presença do excelente atacante Pedro, que voltou com tudo após grave contusão.

Vai começar o Brasileirão

Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo e Grêmio são os favoritos. Internacional, Corinthians, Santos, São Paulo, Atlético MG e Atlético PR, correm por fora. Fluminense pode surpreender. Vasco e Botafogo lutam para não cair.

#RESENHADAKI #VICTORMACHADO #VASCO #FLAMENGO #FLUMINENSE #BOTAFOGO #CARIOCA

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon