Buscar

Marco Umbelino: o humor em forma de traço



“O humor pega um fato e faz uma manobra. Ele nos faz ver a natureza humana numa situação mais palatável”, disse uma vez o psiquiatra Jacques Stifelman.

Em tempos sombrios, como este em que estamos vivendo, só o humor - além do amor - salva. Fomos atrás do publicitário por formação e cartunista por vocação, Marco Umbelino, 45, que faz uma leitura humorística e ao mesmo tempo ácida e assertiva da política gonçalense através de seu traço marcante, mas também antenado ao que acontece no mundo.

Vamos lá!

Qual o lugar da charge na crônica política? Dar uma versão bem humorada aos fatos políticos, uma vez que vivemos um momento de extrema crise política o que consequentemente faz a sociedade rejeitar a política contemporânea. Já sofreu algum tipo de cerceamento ao seu trabalho? Sim! Não duas e nem algumas vezes! Muitíssimas vezes. Algumas até com ameaças a minha integridade física! Já tive e ainda tenho sérias divergências políticas como grupos citados em minhas charges. Todavia, me devendo com base nos direitos adquiridos na nossa Carta Magna de 1988. Como você avalia o momento político atual de modo geral e em SG em particular? São Gonçalo é apenas e tão somente apenas, uma ressonância do fenômeno que acontece em todo mundo. Vivemos um crise política e econômica sem precedentes. Porém vejo interferência de uma justiça que não tem prerrogativas constitucionais para tanto. A lava jato é um instrumento mas mãos um grande grupo internacional para sabotar a economia nacional e entregar nossas riquezas ao imperialismo.

#ENTREVISTA #MARCOUMBELINO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon