Buscar

Uni-vos, por Helcio Albano


O quase centenário Partido Comunista do Brasil (PCdoB) sai na frente e lança oficialmente seu conjunto de intenções para as eleições de 2020 em São Gonçalo. De cara, e de modo ousado, movimenta a pedra mais importante no tabuleiro político eleitoral de espectro progressista na cidade se colocando como alternativa majoratória no bloco da centro-esquerda, que inclui PT, Psol, PDT e PSB a partir de uma leitura de desgaste e até derretimento inevitável das bandeiras do direitismo e do bolsonarismo de modo linear em todo o país.

Reproduzindo localmente o que a direção já ensaiava em nível nacional, o PCdoB reivindica protagonismo nas negociações em torno de necessárias alianças no campo da esquerda democrática, e que consiga a ainda improvável, mas não impossível, unidade das esquerdas, sejam elas reformistas, identitárias ou revolucionárias. Não importa a rotulagem. 

O PCdoB acredita que tem um belo cartão de apresentação à sociedade que é o Mandato do Professor Paulo. Acredita, ainda, como tirado de forma unânime em sua resolução, que chegou a hora de ousar e negar com todas as forças o mais do mesmo em São Gonçalo. A ver.

Plus


O PCdoB gonçalense, comandado pela jovem liderança Isaac Ricalde (foto), acredita que o partido adquiriu musculatura política suficiente na cidade para voos mais altos, e busca eleger, pelo menos, dois vereadores nas eleições do ano que vem. Atualmente o partido ocupa uma cadeira no Parlamento com o Professor Paulo, que preside as importantes comissões de Educação e de Direitos Humanos.

Há quinze dias, aproximadamente, o PCdoB aprovou por unanimidade resolução que decidiu por apresentar uma pré-candidatura.


Helcio Albano é editor do Jornal Daki.


#ARTIGOS #CRÔNICAS #COLUNINHA #HELCIOALBANO

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon