Buscar

40 mil idosos vacinados no primeiro dia de campanha em SG

O município conta com cerca de 164 mil idosos residentes em cinco distritos

O município de São Gonçalo zerou o primeiro lote de vacinas enviadas pelo governo do Estado para realizar a Campanha de Vacinação contra a gripe Influenza nesta segunda-feira (23), primeiro dia de ação. As 40 mil doses foram aplicadas em idosos e profissionais da área de saúde. A ação foi realizada de diferentes maneiras, através de atendimento domiciliar, em casas de repouso, para pacientes acamados, na área externa da unidade de saúde e em esquema de Drive Thru, sem o idoso sair de dentro do veículo. A medida é para que os idosos não se aglomerem nas unidades de saúde.


O município conta com a média de 164 mil idosos residentes em cinco distritos. "Ainda esta semana receberemos novos lotes da vacina. Ficamos na dependência do estado nos enviar. Fizemos um planejamento estratégico com toda nossa linha de frente que atua na atenção primária à saúde para juntos traçarmos essas estratégias de levar toda equipe de atenção primária, técnicos de enfermagem, agentes comunitários, enfermeiros, para irem aos domicílios dos idosos realizar as vacinas dos idosos. É uma maneira de diminuir aglomerações em postos de saúde e clínicas e proteger o idoso dentro do próprio domicílio", afirma a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora Rodrigues.


Com a estratégia de não aglomerar idosos, o Polo Sanitário Washington Luiz, no Zé Garoto, adotou medidas importantes de segurança em saúde. O Polo instalou tendas ao ar livre para impedir a aglomeração de pessoas em locais fechados, além de orientar os idosos a manter distanciamento na fila de um metro e meio entre as pessoas. Só hoje o Polo conseguiu vacinar dois mil idosos.

A campanha que este ano teve início mais cedo, começou hoje (23) de março e vai até o dia 22 de maio. Outra medida para a segurança foi separar a campanha de vacinação por grupos. Sendo assim, neste primeiro momento somente os idosos serão vacinados.


O Município conta com 71 salas de vacinação e espera vacinar até 90% de todo público-alvo da campanha que inclui: crianças de 6 meses a 5 anos, idosos, gestantes em qualquer período gestacional, puérperas (até o 45º dia do puerpério), profissionais da saúde, professores da rede pública e privada, pessoas de 55 a 59 anos, policiais, guardas municipais, bombeiros, profissionais das forças armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica), pessoas portadoras de doenças crônicas, adolescentes de 12 a 21 anos cumprindo medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.


Governo dividiu grupo de campanha em fases


O Ministério da Saúde estipulou um calendário para atender os grupos prioritários para evitar aglomeração de pessoas por conta do Coronavírus.


A partir de hoje (23) é a vez do primeiro grupo alvo. Nesta fase serão vacinados idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde. O segundo grupo que começa a ser vacinado a partir de 16 de abril, conta com professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e pessoas com doenças crônicas. Já o terceiro grupo, que inclui crianças (6 meses a 5 anos), gestantes, puérperas, pessoas dos 55 aos 59 anos, população carcerária e funcionários do sistema prisional, começa a ser vacinado a partir de 9 de maio.


A respeito dos doentes crônicos o governo divulgou uma lista com as doenças que devem receber a dose da vacina. Serão aceitos portadores de doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, diabetes, Imunossupressão, doença renal crônica, doença hepática crônica, obesos, doença neurológica crônica, transplantados e portadores de trissomias (Síndrome de Down e Síndrome de Edward), por exemplo. É importante reforçar a informação que será preciso apresentar um atestado médico informando que o paciente é portador de uma destas doenças.


A vacina da gripe é contraindicada para crianças menores de seis meses.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon