Buscar

A Privatização da vida, por Rafael Abreu


Água é vida e a vida assim como a água precisa ser abundante.


Na última semana, tivemos muitas notícias vindas de Brasília, mas duas delas me chamaram muita atenção. 


A primeira, foi sobre uma suposta inauguração da transposição do Rio São Francisco, feita pelo atual presidente Jair Bolsonaro.

A visita foi encorajada pela turma do Centrão, os novos aliados comprados pelo presidente.

A transposição do Rio São Francisco era um projeto desde a época do Império e só foi iniciada no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e teve trechos inaugurados nos governos Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).

Uma obra faraônica e necessária como essa, leva realmente anos para ficar pronta e somente quem já passou sede e necessidades nessa vida é que poderia tirá-la do papel.


O que Lula fez será lembrado pra sempre e nunca será apagado da memória do povo trabalhador brasileiro.


Mesmo com todas essas mentiras, fake news e argumentação ideológicas da extrema direita em curso.


Como alguém pode inaugurar algo que já foi inaugurado há 3 anos atrás?


O mais engraçado, foi que o suposto presidente mentiroso, inaugurou sozinho, um dos trechos da transposição e fez parecer nas suas redes sociais, que a iniciativa foi dele e que graças a ele a obra foi entregue, o que é uma grande mentira.


O que Bolsonaro deseja fazer é desviar o foco das acusações contra os seus filhos, mais conhecidos nos bastidores da política, como os irmãos metralha.

Já dizia o velho ditado:


"Filho de peixe, peixinho é!"


A amizade de Bolsonaro com o Queiroz vem de longa data, desde 1983. Nessa época Flávio Bolsonaro tinha apenas 7 anos de idade.

Voltando para o assunto, na última semana, mesmo em meio a uma pandemia, o Senado Federal colocou na pauta um projeto espúrio, que atende aos interesses mercadológicos.


Digo isso por que o relator desse projeto sujo, o Senador Tasso Jereissati,(PSDB-CE) é simplesmente o segundo maior engarrafador da Coca-Cola no Brasil. Ele está se aproveitando do cargo público, para obter vantagens e mais lucro nesse mercado.


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) calcula que, para cada R$ 1 investido em saneamento, gera-se uma economia de R$ 4 em gastos com saúde. A OMS também estima que, anualmente, 15 mil pessoas morram e 350 mil sejam internadas no Brasil devido a doenças ligadas à precariedade do saneamento básico. (Fonte: Agência Senado)

Travestido de um discurso, de que a privatização seja necessária e benéfica para melhorar o Saneamento Básico no Brasil.


Eles inventaram esse marco, com o único intuito de enfraquecer ainda mais o Estado Brasileiro de retirar a responsabilidade do Governo Federal e dos municípios que na sua maioria, não cumprem o Plano Nacional de Saneamento Básico.


O claro interesse deles, é de entregar a nossa água para a iniciativa privada. Querendo transformar a nossa água, que é um produto básico para a manutenção da vida em um produto de mercado.

Você já pensou em pagar R$7,00 no litro da água?


Uma família com 4 pessoas, necessita de no mínimo 8 litros de água para sobreviver.

Isso daria R$56 reais por dia, só para beber água.


Já imaginou em ter que escolher entre comer ou beber água?


Essa é a real intenção deles por trás de tudo isso. 


Eles querem fazer o povo acreditar que o serviço é inviável e caro para o estado, privatizando assim a nossa água, para empresas como Coca-cola e Nestlé.

Coca-cola você só bebe de vez em quando e é um veneno, mas mesmo assim você paga caro por aquele produto químico e industrializado.


Agora quanto você acha que a Coca-Cola vai cobrar, por esse produto essencial para manutenção da vida humana?

Infelizmente, só 12 senadores votaram para retirar da pauta a privatização da água, enquanto 61 votaram a favor do projeto.


Eles estão se aproveitando da pandemia de forma descarada, para vender o nosso país e privatizar a nossa água para o capital estrangeiro.


O nosso povo precisa reagir e acordar!


DIGA NÃO A PRIVATIZAÇÃO DA NOSSA ÁGUA!


Pois quando tudo for privado, você será privado de tudo.


Eu sou Rafael Abreu, colunista Daki.

Rafael Abreu escreve semanalmente no Daki.




MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon