Buscar

A simbologia do afeto como método de educação

Por Erick Bernardes

Foto: Tulle e TulerFotografia

A professora gonçalense Helena Miranda Sodré Corrêa tem se dedicado a conciliar a internet com a educação e se valer da tecnologia de forma alternativa ao uso único de vídeos em salas de aula. De acordo com a professora, é possível provocar a curiosidade dos alunos a ponto de eles mesmos buscarem os significados de termos ou palavras nos dicionário digitais e, assim, as crianças aprenderem ativamente a ampliar o léxico da língua materna.

Helena confidenciou que, dia desses, em uma das escolas onde trabalha (UMEI Julieta Botelho), estava ouvindo música com os alunos e uma criança lhe perguntou: “professora, o que é trevo de quatro folhas?” Obviamente, como profissional da educação atenta às oportunidades, a professora percebeu uma interessante abertura para intervenção construtiva acerca das diversidades culturais. E, então, explicou o significado que o trevo suscita em alguns lugares: “Sobre as quatro folhas da planta, elas formam uma cruz, simbolizando o equilíbrio e a unidade proveniente do sagrado. Em culturas diferentes, os trevos de quatro folhas são amuletos ou talismãs que as pessoas imprimem significado à planta”. Ou seja, de acordo com a explicação, muitas simbologias estão associadas ao trevo e ao seu valor cultural, por exemplo: as quatro folhas que significam esperança, fé, amor e sorte; ou as quatro fases da lua, as quatro estações anuais e os elementos da natureza.


A professora nascida em São Gonçalo sabe das dificuldades de se lidar com esse tipo de assunto, mas não se intimida, pois a diversidade deve ser preservada: “amo esses momentos de construção de conhecimento e conversação”. Parabéns à professora Helena Corrêa por acreditar que o diálogo e a alteridade são necessidades na educação.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon