Após 20 dias, Polícia mata Lázaro no interior de Goiás

Por *Maria de Lourdes Nogueira

O Rolé de hoje começa com a notícia que após 20 dias de buscas, Lázaro Barbosa, um dos criminosos mais procurados no Brasil atualmente, acabou preso e morto pela polícia em Goiás. Segundo informações divulgadas pela força-tarefa policial, ele teria trocado tiros com a polícia, acabou atingido e não resistiu aos ferimentos a caminho da unidade de saúde.


Lázaro já respondia por um homicídio, quando ainda tinha 20 anos, no local em que nasceu, na Barra do Mendes, no interior da Bahia. No ano de 2011, em Ceilândia, ele foi condenado por estupro e roubo à mão armada. Em 2018 ele chegou a ser detido, em Águas Lindas de Goiás, mas voltou a fugir meses depois (O São Gonçalo).


Através do A Tribuna, na manhã desta segunda-feira (28), o Conselho de Ética da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro votou pelo pedido de cassação do mandato do vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido). O relatório final que acatou a procedência da denúncia, indicando a cassação do mandato do congressista por quebra de decoro, foi apresentado pelo vereador Luiz Ramos Filho (PMN), que é o relator do processo contra Dr. Jairinho (sem partido).


A perda de mandato é deliberada em votação aberta no plenário, com direito ao pronunciamento dos parlamentares e da defesa durante a sessão, decidida por dois terços dos 51 vereadores, num total de 34 votos.


Após uma crise de ciúmes, adolescente de 17 anos é acusado de ter esfaqueado duas adolescentes, na noite do último sábado (26), no bairro Jardim Bom Retiro, em São Gonçalo. O autor do crime foi apreendido, na tarde deste domingo (27), após ter entrado no mesmo hospital que uma das vítimas com diversas lesões pelo corpo e afirmar ter sido vítima de um assalto (Plantão Enfoco).


No Toda Palavra, uma pesquisa do Instituto Ipec, divulgada nesta segunda-feira (28) aponta um derretimento eleitoral do presidente Jair Bolsonaro, com a perda de mais de um terço dos seus eleitores do segundo turno de 2018. Em pesquisa divulgada na última sexta-feira (25) pelo mesmo instituto, o ex-presidente venceria a eleição já no primeiro turno em 2022. Lula tem 49% das intenções de voto, mais que o dobro de Bolsonaro, que aparece com 23%. Ciro Gomes (PDT) tem 7%, João Dória (PSDB) tem 5% dos eleitores, enquanto o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) aparece com 3%.


Encerrando o Rolé de hoje com O Fluminense. O Brasil superou no sábado (26) a marca de 70 milhões de pessoas imunizadas com a primeira dose das vacinas contra a covid-19, divulgou o Ministério da Saúde. Segundo a pasta, 71,152 milhões de brasileiros receberam a primeira dose.


O total equivale a 45% das 158,095 milhões de pessoas com mais de 18 anos no país.As informações estão no painel de vacinação do LocalizaSUS, plataforma do Ministério da Saúde que registra o andamento da campanha de imunização contra a covid-19. Os dados estão atualizados até ontem.


*Estagiária.


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif