Buscar

Aula de violão e livro grátis na Praça Chico Mendes às terças

E leitor que fizer o resumo escrito da leitura leva R$ 10 pra casa dentro do projeto Som e Letras criado pelo músico Leon Barroso da Costa


Por Cláudio Figueiras

Heric, 17 anos, recebeu Viagem ao Centro da Terra, do escritor Julio Verne, das mãos de Leon/Foto: Facebook

O músico, cantor e compositor gonçalense Leon Barroso da Costa, criou um projeto de cultura na Praça Chico Mendes que une música com leitura. Batizado de Som e Letras, a iniciativa busca, como diz Leon, inventar um leitor:


- A ideia é inventar um leitor. Colocar o livro na vida da pessoa com introdução à música através do violão. Busco fazer algo para o maior número de pessoas que eu conseguir. Fiquei assustado com o número de jovens que nunca leram um livro - revela o músico.

O Som e Letras teve início na ultima terça (14/1) com aulas gratuitas de violão para até dois alunos por vez, que também recebem material didático gratuitamente, e um livro que é doado em cada edição do projeto na Praça, como explica Leon:


- Todas as terças, na pista de skate da praça Chico Mendes, ofereço aulas gratuitas de violão para interessados de todas as idades das 9h às 11h da manhã. São dois por vez para facilitar o aprendizado. E o adolescente de 11 a 17 anos que quiser ler um livro que eu vou dar, e trouxer na outra semana um resumo de duas laudas (350 palavras) de acordo com o livro, leva R$ 10. São 5 adolescentes por mês.



E Heric, de 17 anos, frequentador da Roda Cultural Alcântara (RCA), evento de Hip Hop também realizado na Chico Mendes, levou pra casa o livro Viagem ao Centro da Terra, obra clássica do escritor francês Julio Verne.


- Aproveito esse momento com os adolescentes para trocar ideias sobre a história da pessoa que deu nome à praça, de dizer que o rap nasceu na Jamaica e só depois chegou aos EUA, e que o repente brasileiro é tão ou mais rico que o rap. Me incomoda essa invasão americana na cultura das periferias brasileiras - observa Leon, que faz um chamado:


- Professores que puderem, deem aulas nas praças gratuitamente, mesmo que uma vez por semana. Pode ser aulas de alfabetização Vamos pra rua assim, com livros, com coisas escritas. Espero inspirar outros - finaliza e dá o recado Leon Barroso da Costa.


A Praça Chico Mendes fica na Rua Joaquim Laranjeiras, 116 - Raul Veiga/Alcântara.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon