Buscar

Auto da Paixão de Cristo pode voltar a ser encenado em São Gonçalo

Pelo menos esse é o desejo de seu idealizador, Wanderley Borges, que busca apoio do poder público e colaboradores para realizar o evento ainda na Páscoa deste ano


Por Cláudio Figueiras

Evento foi capa de O São Gonçalo em 2016, último ano em que foi encenado/Foto: Acervo Wanderley Borges

O radialista e produtor cultural, Wanderley Borges, 73, corre contra o tempo para colocar de pé, ainda na Páscoa deste ano, o Auto da Paixão de Cristo em São Gonçalo. A encenação, já tradicional na cidade, que irmana arte e religião na data mais importante do calendário cristão, porém, não é realizada desde 2017 por falta de apoio do poder público.


O domingo de Páscoa em 2021 cairá em 4 de abril.


Antes apresentado nas escadarias da Igreja Matriz, no Centro, o Auto, com todo o seu aparato cênico e os mais de 100 artistas que atuam no épico bíblico, agora pode ser apresentado no espaço do Centro de Tradições Nordestinas, em Neves. Pelo menos esse é o desejo de Wanderley, que recorre à Prefeitura e a colaboradores para poder viabilizar o evento, que tem um custo aproximado de R$ 80 mil.


O Auto, encenado pela primeira vez no início dos anos 1990 na Praça Zé Garoto, costumava atrair para o espetáculo mais de 30 mil pessoas, favorecendo o turismo religioso no município. Desta vez, por razões da pandemia, os espectadores teriam acesso restrito à ampla área de lazer, inaugurada no início de 2020.


- Queremos retomar, por dois motivos. Primeiro porque nossos artistas precisam trabalhar. E, segundo, porque a comunidade católica reclama muito da falta da Paixão. Pedimos que os mandatários do município pensem nisso e nos ajudem a trazer de volta esse evento tão importante para cultura do município. Realizar esse evento naquele espaço maravilhoso em Neves, e com todos os cuidados sanitários, seria perfeito. Estamos bastante ansiosos para o retorno da Paixão - disse Wanderley.


Wanderley Borges, tem vasta experiência na área cultural, especialmente no Carnaval. Foi presidente da Liga das escolas de Samba de São Gonçalo (LIESG) e diretor de Harmonia da Porto da Pedra. Atualmente é o locutor oficial do Carnaval carioca na Marquês de Sapucaí.

Wnaderley na sapucaí/Foto: Acervo pessoal





MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon