Campanha Maio Amarelo: No trânsito sua responsabilidade salva vidas

O Detran/RJ começou nesta terça (18) a veicular nas TVs a campanha #VaiNaResponsa em celebração ao Maio Amarelo


Foto: Divulgação internet
Foto: Divulgação internet

O Detran.RJ começou nesta terça-feira, dia 18, a veicular nas TVs a campanha #VaiNaResponsa, em celebração ao Maio Amarelo, movimento que chama a atenção para o alto índice de acidentes nas ruas e estradas fluminenses. Em 2020, mesmo com o tráfego reduzido pela pandemia, foram registrados cerca de 15 mil acidentes de trânsito no Estado do Rio, causando 1.820 vítimas fatais.

Com o lema "No trânsito, sua responsabilidade salva vidas", os filmes produzidos utilizam também jogos de palavras para mostrar à população quais as consequências que a falta de atenção no trânsito pode acarretar. São frases como: "Viu a passarela, mas não usou. Acabou não vendo o carro", ou "Saiu do bar atropelando as palavras. Acabou atropelando uma pessoa". E ainda: "Olhou pra um post no celular. Não viu o poste na calçada".

As situações incluem todos os atores do trânsito, indo do pedestre ao motorista, do ciclista ao condutor de motocicleta, lembrando que o trânsito é um ciclo em que a ação de cada ator impacta a cadeia.

A nova campanha do Governo do Estado do Rio e do Detran.RJ para o Maio Amarelo é composta por dois comerciais, que utilizam o conceito #VaiNaResponsa para marcar as ações realizadas durante o mês. O conceito dialoga com o jeito de falar descontraído da população fluminense e sintetiza a responsabilidade que todo cidadão deve ter ao conduzir um veículo. A campanha também está presente em rádio e nas mídias 'Out of home' (OOH), que são os canais não convencionais de veiculação.

- Muitas perdas de vidas poderiam ser evitadas se cada um fizesse sua parte e entendesse que, no trânsito, somos um só. O Maio Amarelo é um mês muito importante para nós, de todos os Detrans do país, dedicado a reflexões, ações e a campanhas educativas como esta. Se for a pé, de bike, de carro, caminhão... vai na responsa - lembra o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.

Sobre o movimento Maio Amarelo


A primeira edição do Maio Amarelo aconteceu em 2014, com base em uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), que definiu o período entre 2011 e 2020 como a "Década de Ações para a Segurança no Trânsito". Maio foi escolhido por ter sido o mês em que a resolução da ONU foi publicada, na data de 11 de maio de 2011. O laço amarelo, símbolo da campanha, tem o objetivo de chamar a atenção de todos para a questão da saúde, já que os acidentes de trânsito são considerados, também, uma epidemia da sociedade moderna.

Os últimos dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), referentes a 2018, mostram que os acidentes de trânsito matam cada vez mais pessoas em todo o planeta. São, em média, cerca de 1,35 milhão de óbitos por ano em todo o mundo.

Estatísticas do Detran.RJ revelam que as principais vítimas do trânsito são homens jovens, entre 18 e 40 anos. Além disso, crianças e adolescentes, de 5 a 18 anos incompletos, mesmo não sendo os agentes principais do trânsito, representam cerca de 5% das vítimas a cada ano.

- São dados extremamente relevantes, pois estamos falando da juventude e dos nossos filhos, frisa Konder.

Assista aos vídeos da campanha:

https://www.youtube.com/watch?v=y3WKGiFWy38

https://www.youtube.com/watch?v=W9MlhgyS8CU


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif