Buscar

Cerca de 129 mil animais recebem vacina antirrábica em São Gonçalo

A Secretaria de Saúde dividiu a campanha em duas etapas, a primeira realizada no dia 3

Ações também foram realizadas nas praças/Foto: Divulgação

São Gonçalo conseguiu fechar com saldo positivo a campanha de vacinação antirrábica realizada neste mês, superando a meta estipulada. A segunda etapa ocorreu no último sábado (24), quando cerca 64 mil animais, entre cães e gatos, foram imunizados. Com isso, a cidade somou, aproximadamente, 129 mil vacinas aplicadas em outubro.  


O município tem uma população canina e felina estimada em cerca de 150 mil animais e conseguiu imunizar 85% deste número, ficando 5% acima da meta estabelecida. A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância em Saúde Ambiental, dividiu a campanha em duas etapas, a primeira realizada no dia 3 e a outra, neste sábado. 


Nesta segunda etapa, que contemplou os Polos Hélio Cruz, em Alcântara, e Rio do Ouro, foram imunizados os animais das regiões de Alcântara, Mutondo, Colubandê, Trindade, Coelho, Laranjal, Rio do Ouro, Tribobó, Anaia, Jóquei, Arrastão, Vila Candoza, Santa Luzia, Sacramento, Guaxindiba, Marambaia, Monjolos, Vista Alegre, Jardim Bom Retiro, Pacheco, e adjacências.


O diretor da Vigilância em Saúde Ambiental, Adaly Fortunato, explica que a raiva possui alguns tipos e fases e é considerada incurável, por isso é essencial a prevenção por meio da vacina. A doença pode ser transmitida por cães, gatos, morcegos e outros animais silvestres através da saliva, mordida, arranhão ou lambedura.


- Entre os principais sintomas estão a agressividade, salivação excessiva, paralisia, anorexia e mudanças de comportamento, que podem fazer seu cãozinho deixar de ser alegre e festeiro, para ser triste e depressivo. O tratamento é basicamente profilático, ou seja, deve ser feito antes que uma mordida ou arranhadura por um animal contaminado ocorra. A única forma de prevenção da doença é realizar a vacinação - ressalta Adaly Fortunato.


Ao todo, foram imunizados 105.148 cães e 23.744 gatos. A primeira etapa, que ocorreu no dia 3 deste mês, atendeu os seguintes bairros: Neves, Vila Lage, Pita, Santa Catarina, Barro Vermelho, Covanca, Engenho Pequeno, Paraíso, Gradim, Porto Novo, Porto da Pedra, Brasilândia, Mutuá, Boaçu, Porto do Rosa, Boa Vista, Galo Branco, Centro, Estrela do Norte, Rocha, Lindo Parque, Antonina, Salgueiro, Zumbi e Jardim Catarina.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon