Concurso premia Dramaturgia Gonçalense, por Alberto Rodrigues

Dessa vez conhecemos e divulgamos o Prêmio de Dramaturgia Gonçalense, projeto da professora e atriz Helene Camille, no contexto da Lei Aldir Blanc em São Gonçalo

Ela, Helene Camille/Foto: Reprodução
Ela, Helene Camille/Foto: Reprodução

A Lei Emergencial de Cultura, Lei Aldir Blanc (nº 14.017, de 29 de junho de 2020), traz assistência aos Fazedores de Arte e Cultura de todo o país, contribui para visibilizar toda Cena Cultural Resistente e possibilita ações de diversas linguagens artísticas em todo território nacional.


Em São Gonçalo, décimo maior Município do país e o segundo do Estado, os projetos começam suas execuções a partir do dia 20 de Janeiro e se estenderá até o mês de março. As multilinguagens artísticas ofertarão a toda população gonçalense mais de 60 propostas de arte e cultura de forma online ou semipresencial, totalmente gratuitas.


Dando sequência a nossa série de entrevista com os contemplados do Edital do Município onde estaremos conhecendo um pouco mais de cada Proposta Cultural, hoje conheceremos um pouco sobre Helene Camille, atriz e Professora.


Alberto Rodrigues: Fale um pouco sobre você.

Helene Camille: Realizo o incentivo às artes desde sempre e mais ainda depois que me tornei professora do Estado. Sempre que posso levo meus alunos para usufruir o mundo das artes. A Filosofia tem uma área chamada Estética na qual a arte é pensada como parte expressiva e essencial do Ser Humano. Um mundo sem arte é um mundo completamente árido. A beleza estética alimenta a alma.


A.R: Qual a proposta do Projeto?

H.C: O Prêmio de Dramaturgia Gonçalense é destinado a reconhecer, incentivar e premiar dramaturgos/artistas nascidos e/ou residentes da cidade de São Gonçalo, em fase de iniciação ou consolidação na carreira literária. Inscrições: 18/01/21 a 03/02/21

Edital: https://drive.google.com/file/d/1TKKs-4k7hW0QTgl_UUfA2vk2y9uvViiF/view?fbclid=IwAR06j2ouhxG8WklV7BVrurPhV4dj3WvIWcagBPL8yD4Q387CNfn41uTDO48

Inscrições até dia 03/02 pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdtULpWn0X0_Xhvys_9DLoSU2JtzE8bbW-1ps5sRPag0iE2SA/viewform?fbclid=IwAR2memRy2zD0e5oUZe3lv5mKIiQ6YSIK3NeFfJ3MfLc1xS5TDjmBuj3yoq0

Facebook: https://www.facebook.com/premiodramaturgiagoncalense


A.R: Qual o impacto esperado na sociedade gonçalense com essa ação? H.C: Esperamos atingir e exaltar a escrita dos gonçalenses, o que consequentemente contempla os cidadãos de São Gonçalo, pois a narrativa sempre revela um olhar específico de onde o escritor vem, bem como uma memória coletiva de um espaço e tempo compartilhado. Além disso, o projeto incentiva o surgimento de novos dramaturgos na cidade.


A.R: Quem são os responsáveis pelo o projeto e contatos? H.C: Helene Camille Email: premiodramaturgiagoncalense@gmail.com

Alberto Rodrigues é produtor cultural, idealizador e coordenador do Festival Literário de São Gonçalo (Flisgo) e do Acesso Cultural.



MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif