Buscar

Coronavírus: São Gonçalo adota atendimento médico à distância via internet

Saúde lança serviço de atendimento ao Coronavírus por internet

Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Gonçalo lança, nesta quinta-feira (7), o Telessaúde, mais uma ferramenta no combate à Covid-19. O serviço que permite consulta por videoconferência, funcionará diariamente, das 8h às 17h, está disponível por meio do aplicativo Meu Esus e pode ser baixado nas lojas virtuais Android e IOS no seu celular. A Plataforma é um sistema de prestação de serviços de saúde à distância, realizados com a ajuda das tecnologias da informação e é uma nova maneira de pensar os processos de saúde, quebrando a barreira da distância realizando a detecção e o monitoramento de doenças. Segundo o coordenador do projeto, Anderson Teixeira, este programa fortalece a rede de cuidados aos pacientes com coronavírus.


- A nossa expectativa é diminuir o grande fluxo das unidades de urgência e emergência do município. O aplicativo visa otimizar o atendimento através do Telessaúde, para que o usuário do SUS tenha sua primeira avaliação antes de procurar uma unidade de urgência e emergência, visando um atendimento humanizado e de qualidade - explica.  

Confira o passo a passo para utilizar o aplicativo: Ao baixar o programa, o usuário deve fazer login com seu CPF e senha.  Se for o primeiro acesso, deverá clicar em não possui cadastro, preencher os dados corretamente e tirar uma selfie para utilizar o serviço. Já no aplicativo, o paciente deverá preencher um formulário com seus dados como: nome completo, nome da mãe, CPF, cartão do SUS, data de nascimento, telefone celular, endereço, sexo e se é portador de alguma necessidade especial. Em seguida deve ler e aceitar a política de privacidade do aplicativo, enviar o cadastro e aguardar a sua vez de ser atendido. Na hora do atendimento o usuário receberá um SMS  com informações da sua consulta, e terá até cinco minutos para começar a videoconferência pelo aplicativo. A partir daí, o médico fará um levantamento sobre a saúde do paciente, como por exemplo: quais sintomas apresentou, se faz uso de alguma medicação, se possui alguma morbidade prévia, se foi hospitalizado recentemente, se viajou ao exterior em até quatorze dias, qual ocupação realiza ou se teve algum contato com pessoas suspeitas ou confirmadas de Coronavírus. Ao fim da consulta o profissional de saúde irá indicar que procedimento o paciente deve adotar. Se o melhor é ficar em casa, procurar uma unidade de saúde ou se precisará de uma reavaliação em até doze horas. Caso precise ser reavaliado, o usuário voltará para a fila e próximo a este tempo será novamente atendido por um médico online. Quem não tiver acesso ao aplicativo e apresentar os sintomas do Coronavírus, pode procurar o serviço de saúde disponíveis na cidade, como postos de saúde para casos leves,  Centro de Triagem ao Coronavírus para casos intermediários, e o Pronto Socorro Central, no Zé Garoto, UPA do Pacheco, UPA de Nova Cidade, UPA do Colubandê, UPA de Santa Luzia e o Hospital Geral Alberto Torres, Colubandê, para casos mais graves. 


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon