Buscar

Desejo de se desvincular de Flordelis pode ter precipitado execução do pastor Anderson


O Rolé desta quarta (26) traz mais um ingrediente da história mais que cabeluda envolvendo o caso Anderson do Carmo-Flordelis: 'Carreira solo' de Anderson do Carmo pode ter agravado desgaste com família (O Fluminense).


A Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói concluiu que a razão que levou ao assassinato do pastor Anderson do Carmo foi a disputa por poder e emancipação financeira de sua esposa, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ). Anderson do Carmo estava iniciando um processo de se desvincular da figura de Flordelis e tinha, inclusive, pretensões eleitorais.

Em outro caso rumoroso, dessa vez em São Gonçalo, a Polícia Federal (PF), a pedido do Ministério Público do Rio (MPRJ), realizará um novo exame de confronto balístico para tentar identificar de onde partiu o tiro que atingiu e matou o adolescente João Pedro Mattos Martins, de 14 anos, no dia 18 de maio, durante uma operação policial realizada no Complexo do Salgueiro (A Tribuna).


O caso do bebê queimado no Getulinho perto de desfecho, e técnica de enfermagem será responsabilizada, diz Polícia (Plantão Enfoco).


Fim do Rolé curtinho de hoje às 18h42 registrando que São Gonçalo teve mais três mortes por coronavírus de terça para quarta (O São Gonçalo).


O município contabiliza 12.513 casos confirmados, 10.050 curados, 65 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 1.762 em quarentena domiciliar, 636 óbitos confirmados e 11 óbitos em investigação.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon