Buscar

'Dona Zélia', Enfermeira virtual, vai informar e tirar dúvidas sobre vacina em Niterói

Durante os últimos meses foram desenvolvidas a parte técnica e a seleção do conteúdo a ser divulgado

A Prefeitura de Niterói lança, nesta sexta-feira (14), uma nova ferramenta que vai ajudar a população a tirar dúvidas relacionadas as vacinas disponibilizadas no município. Trata-se de uma enfermeira virtual batizada de Dona Zélia que estará disponível gratuitamente na rede social Facebook. O objetivo é facilitar o acesso do cidadão niteroiense a informações básicas como locais de vacinação, as vacinas disponíveis, dúvidas comuns sobre imunização e o combate às fake news.

Durante os últimos meses foram desenvolvidas a parte técnica e a seleção do conteúdo a ser divulgado, que permitem que o Dona Zélia utilize o aplicativo de mensagens do Facebook (Messenger) para interagir com os usuários e se aprimorar com as dúvidas que vão surgindo, em um processo de aprendizagem que vai se desenvolvendo quanto mais o chat for utilizado. - Essa proposta é muito bem-vinda e acompanha todo projeto da Prefeitura na modernização da gestão. No caso desse chatbot, será uma das formas de aproximar a população dos conhecimentos sobre vacinas, garantindo ao usuário do SUS mais uma opção de troca de informação com a pasta - afirmou a secretária de saúde, Maria Célia Vasconcellos.

O Dona Zélia é umas das soluções apresentadas no HackNit de 2018, desenvolvida pela a startup Remedin, que envolve a Fundação Municipal de Saúde (FMS) e a Secretaria de Planejamento Orçamento e Modernização da Gestão (SEPLAG). O HackNit é a maratona tecnológica da cidade que une especialistas de diferentes experiências, interesses e setores, com o objetivo de contribuir para melhorar a gestão das diversas secretarias do município. - A Prefeitura de Niterói está investindo em ferramentas tecnológicas que tenham impacto na rotina dos cidadãos, como o Sigeo, o CCO de mobilidade, o Sistema Municipal de Defesa Civil. Nosso objetivo é sempre que a cidade avance para realidade mais sustentável e inteligente, mas não basta só ser tecnológico: as pessoas precisam ver como esses recursos ajudam no dia-a-dia - detalhou.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon