Ex-vereador Renatinho morre por complicações da Covid-19

Ex-parlamentar estava internado desde o dia 1º de março, no Hospital de Icaraí

Renatinho do Psol era ativista em favor dos direitos humanos e decifientes físicos Foto: Emily Almeida / Agencia O Globo Foto: Emily Almeida / Agência O Globo
Renatinho do Psol era ativista em favor dos direitos humanos e decifientes físicos Foto: Emily Almeida / Agencia O Globo Foto: Emily Almeida / Agência O Globo

Morreu na manhã dessa quinta-feira (18) o ex-vereador de Niterói, Renatinho, que estava internado devido a complicações da Covid-19 desde dia 1º de março, no Hospital de Icaraí, no Centro de Niterói. A morte do ex-parlamentar foi confirmada por amigos e familiares. A Câmara de Vereadores de Niterói decretou luto oficial de três dias.


Renatinho ficou intubado, inconsciente e respirando com o auxílio de aparelhos e lutou pela vida por 18 dias. Gezivaldo Renatinho Ribeiro de Freitas, o Renatinho do PSOL como ficou conhecido, exerceu cinco mandatos de vereador e comandou a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Niterói por 10 anos. Recentemente ele deixou o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).


O vereador gonçalense Prof. Josemar (PSOL), que foi Chefe de Gabinete de Renatinho, usou as redes sociais para externar seu pesar pela perda do companheiro de muitos anos:


"Perdemos um grande lutador social. O nosso companheiro Renatinho infelizmente faleceu na madrugada de hoje em decorrência da Covid-19.

Sempre nas lutas em defesa dos trabalhadores, das causas populares, das pessoas com deficiência e dos direitos humanos, Renatinho foi o primeiro vereador eleito pelo PSOL em Niterói e um dos primeiros vereadores a optar pelo PSOL antes mesmo da legalização do partido.


Tive a honra de ter sido seu Chefe de Gabinete. Aquele gabinete, foi o "gabinete-escola" se assim podermos dizer. Na composição, todos jovens, estavam Honório Oliveira⁩, ⁨Leandro Fontes (Dirigente do Movimento Esquerda Socialista), Flavio Serafini (hoje Deputado Estadual) e Carlos Bittencourt (Dirigente do Subverta). Renatinho lutou conosco na fundação do partido e com as lutas que representava, teve firmeza para seguir e se manter na esquerda durante um bom tempo. Embora tenha atuado como parlamentar na cidade de Niterói, sempre esteve presente nas diversas lutas dos trabalhadores de São Gonçalo e de toda Região Metropolitana do RJ.


A sua partida entristece toda uma militância que apostou no PSOL como uma importante ferramenta de transformação da sociedade. Sua luta e história seguirão presentes conosco! Minha solidariedade aos familiares.


Renatinho, Presente!"

O PSOL, partido que por muitos anos Renatinho foi filiado, divulgou uma nota de pesar:


“Renatinho foi um trabalhador ambulante com deficiência que surgiu na cena pública de Niterói lutando contra os desmandos à sua categoria. Vendendo paninhos em uma das esquinas de Icaraí, precisou lutar muito para garantir seu direito ao trabalho. Tornou-se vereador por cinco mandatos, sendo o primeiro eleito pelo PSOL Niterói. Nosso camarada também foi ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos, defensor da pessoa com deficiência e das causas populares, dos direitos dos trabalhadores, dos animais e do meio ambiente. Em situação grave, resistiu bravamente por vários dias em UTI. Hoje [quinta-feira – 18], infelizmente, nos deixou. Nossos pêsames e solidariedade a seus familiares, amigos e companheiros. Renatinho foi alguém excepcional e estará para sempre presente em nossas memórias e lutas”.


Com A Tribuna.


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif