Buscar

Festival literário mostra força, poder e potência do gonçalense

Atualizado: 15 de Out de 2019

1º Festival Literário de São Gonçalo reúne pratas da casa e nomes consagrados da literatura no Partage Shopping

O 1º Festival Literário de São Gonçalo (Flisgo) será realizado no Partage Shopping de 11 a 14 de outubro com várias atrações, tendo como foco a produção artística, cultural e literária regional mescladas com presenças pra lá de ilustres, como os globais Miriam Leitão, Sergio Abranches, Lázaro Ramos e Flavia Oliveira, que já confirmaram presença e participam dos divernos paineis e circuitos culturais programados ao longo do festival.

Renato Cardoso, coordenador do grupo Diário da Poesia, apresentará extensa programação da marca, entre lançamentos e paineis nos quatro dias de festival, entre eles homenagem ao cordelista Zé Salvador e lançamento coletivo de livros, entre eles o ‘Cambada’, de Erick Bernardes e ‘Mixórdia’, do escritor Fabio Rodrigo, ambos da editora Apologia Brasil.

A abertura do Flisgo será no 2º piso do shopping, nesta sexta às 10 horas, e a cerimônia oficial de abertura ocorrerá às 15 horas. No primeiro dia, destaques para a roda de conversa liderada pelo ativista cultural gonçalense, Rafael Massoto, que pilota o painel Literatura urbana e Ruptura do Anonimato, o bate-papo com a jornalista Flavia Oliveira, que mediará o Literatura sem fronteira e o relançamento dos Cadernos do Leste, da editora Apologia Brasil, com a presença dos autores: Rodrigo Santos e Romulo Narducci (Os Tavernistas), Mário Lima Jr. (Mensagens ao povo gonçalense), Mauricio Mendes (A república abençoada de São Gonçalo) e Helcio Albano (Meu Lugar) que é diretor da editora e editor do Jornal Daki.

A escritora e ativista ambiental Yonara Costa apresenta, no Palco Principal, o painel “Uma Visão literária sobre sustentabilidade ambiental” e contará sobre sua experiência no projeto de recuperação da Praia das Pedrinhas.

- Será o momento ideal de mostrar a produção literária gonçalense que é muito densa, de enorme qualidade. Somos bons nisso, posso te garantir - disse Albano.


Um pocket show encerra o primeiro dia, com as apresentações de Dj Gringo, Rafaela Torres, Mayla e Alvinho Ferreira, a partir das 20 horas.


A programação completa está na página do Flisgo no Facebook, mas destaque especial para o painel Diáspora gonçalense e suas linguagens. São Gonçalo na FLUP: Homenagem a Écio Salles, comandados pelos craques Augusto Dias, Rômulo Narducci e Rodrigo Santos, no dia 13 às 16 horas. E durante às manhãs de festival quem toma conta do espaço é a molecada, com diversas atividades em parceria com escolas e professores.

Diretamente da Maré e após uma experiência de dor e sofrimento que nos atinge a todos até hoje, Anielle Franco promete emocionar o público com o lançamento de ‘Cartas para Marielle’, sua irmã, assassinada a tiros junto ao seu motorista Anderson, crime que continua sem solução. Será no último dia de festival, às 16 horas no Palco Principal.

– A ideia do Primeiro Festival Literário de São Gonçalo é entrar no mapa cultural do estado, assim como outras feiras e festivais que já acontecem, como a Flip, Flim, entre outras de municípios até menores que o nosso – explica Alberto Rodrigues, um dos idealizadores e coordenadores do evento, que é gratuito.

Mãe Márcia D’Oxum participa do painel ‘A fé e a literatura sempre conversaram’ junto com o Padre João, Mãe Márcia D’Oxum e Pastor Henrique Vieira. Esse encontro também é muito esperado no Flisgo como exemplo de respeito à diversidade.

Em 2015 São Gonçalo recebeu um evento literário de grande porte, na época organizado pela Secretaria de Educação do município em parceria com editoras, mas o foco não era a produção de escritores locais. O Flisgo é o primeiro evento voltado para a produção literária da cidade e de autores da periferia de modo geral.


O Partage fica na Av. Presidente Kennedy, 425.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon