Buscar

Filha de paciente com Câncer se mobiliza pra doação de cabelos

Cabelos foram doados ao Espaço Rosa

A equipe do Espaço Rosa, unidade municipal gonçalense destinada à saúde da mulher, está sempre realizando atividades com o intuito de trazer a autoestima às pacientes com câncer, já que, semanalmente, cerca de 15 pessoas recebem o diagnóstico da doença. A doação de cabelos, que tem a finalidade de confeccionar perucas para pacientes em processo de quimioterapia, é um dos trabalhos com maior destaque e já recebeu mais de 600 doações apenas neste ano. Diariamente, diversas pessoas de diferentes lugares vão até a unidade doar e presentear aquelas que precisam.


Dessa vez, quem teve a iniciativa de realizar a doação na unidade foi parte da família de uma paciente oncológica. Maria José Pires, de 69 anos, descobriu o câncer há poucos meses e está realizando tratamento no Rio de Janeiro. A aposentada é moradora de São Gonçalo e após uma consulta no Espaço Rosa, recebeu o diagnóstico de câncer de mama. Sua filha, Ana Cláudia Pires, professora de 48 anos, conta que acompanhou todo o processo e observou a mudança na autoestima da mãe. Logo, teve a ideia de reunir algumas pessoas da família para fazer uma doação do cabelo e confeccionar uma peruca para a mãe.

- Minha mãe foi encaminhada para o Espaço Rosa para ver um caroço no seio. Foi muito bem atendida pelo mastologista da unidade e constatado algo, logo fez uma biópsia e diagnosticada com câncer de mama. Ficamos todos muito abalados e preocupados devido à idade dela e o risco da doença, mesmo que hoje seja algo mais controlável. Conheci a coordenadora Patrícia em uma palestra sobre câncer de mama no Colégio Castello Branco, onde trabalho. Quando o cabelo da minha mãe começou a cair por conta da quimioterapia, ela ficou muito triste e aí resolvi combinar com alguns parentes de fazer a doação de cabelo para ela ter uma peruca. Reunimos quatro pessoas e fomos até a unidade levar o cabelo. Quando chegamos lá, a Patrícia com toda sua benção já deu uma peruca linda e bem parecida com o cabelo da minha mãe e eu e minha família decidimos doar o cabelo para outras pessoas da unidade que estão em tratamento. Foi um momento emocionante para todas nós e diria as pessoas para não perder a fé e a esperança, porque hoje o tratamento está bem mais avançado se comparado com o passado. Nós mulheres somos lutadoras e temos força para passar por isso, então, se você tem a possibilidade de doar seu cabelo, faça essa boa ação, pois essa solidariedade pode trazer alegria e força para quem está em tratamento. Parabéns a todos os funcionários do Espaço Rosa - declara Ana Cláudia Pires.


A coordenadora da unidade, Patrícia Silva, afirma que a fase do tratamento com a quimioterapia é muito difícil para todas as mulheres. "A ideia das campanhas de doação de cabelo contribui muito para o apoio psicológico das centenas de portadores da doença. Acompanho cada paciente da unidade e sei que a queda dos cabelos é um dos momento mais tristes, porque muitas já se sentem deprimidas e com essa situação a autoestima vai lá embaixo. Nosso trabalho é mostrar para elas que a vida não acaba com o câncer”, explica.

O Espaço Rosa tem parceria com diversos salões do município para confecção das perucas, além do corte na própria unidade com o cabeleireiro Sergio de Manttos, conhecido como Serginho Tesoura de Ouro, às terças e quintas-feiras, a partir das 10h.


Podem participar da campanha, tanto homens, quanto mulheres ou crianças, desde que tenha no mínimo 10cm de cabelo para doar, já que são aceitos todos os tipos de cabelos, com qualquer tipo de química: progressiva, alisamento, tintura, luzes e californiana, assim como, cabelos crespos, lisos, loiros, ruivos, pretos e grisalhos.


O Espaço Rosa fica em anexo ao Hospital Luiz Palmier, na Praça Estephânia de Carvalho, s/n- Zé Garoto.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon