Buscar

Fiscais reprimem queimadas na APA de Maria Paula

Equipes flagraram desmatamento e extração de saibro em área protegida

Fiscais do Inea e da Secretaria de Meio Ambiente de SG participaram da ação?Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) uniram forças em prol da preservação da fauna e flora em São Gonçalo. No último sábado (17), foi realizada operação para reprimir crimes ambientais na Área de Proteção Ambiental (APA) de Maria Paula, conhecida como Estância Pendotiba. A ação faz parte do projeto "Olho no Verde" e foi desencadeada a pedido do Ministério Público Estadual, com apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm).

O "Olho no Verde" é um programa de monitoramento, promovido pelo Inea, que funciona com auxílio de helicópteros e satélites, buscando identificar possíveis atividades irregulares relacionadas ao meio ambiente, como extração ilegal de minérios, desmatamento, queimadas, caça ilegal e construções irregulares.


Durante o sábado, enquanto percorriam a Estância Pendotiba, equipes flagraram desmatamento e extração de saibro em área protegida. Os técnicos instalaram, no local, placas informando sobre a ilegalidade e que a área está sob o monitoramento do programa Olho no Verde. No momento da operação, não havia ninguém no local.


Com a adesão da cidade de São Gonçalo ao programa, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente passa a receber os alertas emitidos pela iniciativa, que utiliza a tecnologia de imageamento por satélite e de processamento de dados espaciais para identificar a supressão ilegal de vegetação.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon