Fiscalização em São Gonçalo fecha bingo clandestino após denúncia anônima

Cerca de 200 pessoas se aglomeravam, sem máscara, para a prática ilegal no Clube Tamoio

Momento em que a fiscalização entra no salão onde era realizada contravenção/Foto: Reprodução
Momento em que a fiscalização entra no salão onde era realizada contravenção/Foto: Reprodução

Fiscais da Prefeitura de São Gonçalo, em um trabalho conjunto entre a Vigilância Sanitária, a Secretaria de Ordem Pública e a Ronda Ostensiva Municipal (Romu) com apoio da Polícia Militar, fechou um bingo clandestino, no Clube Tamoio, na noite do último sábado (3).


A ação é resultado de cumprimento do decreto 108/2021 que ampliou as medidas restritivas de controle da pandemia no município.


Por volta de 23h40, os fiscais receberam uma denúncia anônima que indicava uma festa no Clube Tamoio. Ao chegarem o local, foi visto que o estacionamento estava lotado e que cerca de 200 pessoas, todas sem máscara, se reuniam no salão do clube para a prática ilegal. Alguns dos participantes tentaram fugir pela saída de emergência.


Os responsáveis pelo bingo foram encaminhados para a 73ª DP, em Neves, e foram autuados pela Lei 387/2011, que prevê como penalidade a multa de R$ 8.650,32, por descumprir normas legais federais, estaduais e municipais, destinadas à promoção, prevenção e proteção à saúde. O local foi interditado por tempo indeterminado.


De acordo com o decreto 108/2021, que prevê medidas restritivas contra o contágio da covid-19, está proibida a realização de eventos sociais em ambientes como salões e casas de festas, inclusive infantis, e espaços de recreação infantil, parques de diversões itinerantes, clubes sociais, parques temáticos e de qualquer atividade com presença de público, que envolva aglomeração de pessoas, tais como eventos desportivos, shows, casas noturnas, boates, carros de som, trio elétrico, passeata, parques externos e internos, salas de jogos, cinemas, espaços de entretenimento externos e internos, inclusive eventos culturais, de entretenimento e de lazer, feiras de negócios e exposições e eventos corporativos.


Disque Aglomeração

Desde a última quinta-feira (1°), os gonçalenses contam com mais um canal de comunicação para denunciar eventos e festas clandestinas durante a pandemia da covid-19. As denúncias podem ser feitas através do Disque Aglomeração pelo número de whatsapp (21) 99787-1097. O serviço está disponível 24 horas por dia, de domingo a domingo. Para realizar a denúncia é preciso enviar o endereço completo e o tipo de evento irregular que está acontecendo ou irá acontecer. Não é necessário se identificar.


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif