Governo Nelson Ruas anuncia ações com dinheiro da venda da Cedae em São Gonçalo

Município vai receber cerca de R$ 904 milhões em três parcelas

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O prefeito Nelson Ruas (PL) e o filho e secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas, participaram da apresentação do governo do estado sobre o resultado da concessão dos serviços de saneamento a partir do leilão da Cedae. Outros 28 prefeitos de municípios do Estado participaram do encontro, que aconteceu em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.


Durante o evento, o governo do estado apresentou os principais investimentos socioambientais aos gestores e divulgou os valores que cada uma das cidades receberá por conta do leilão da Cedae. São Gonçalo receberá cerca de R$ 904 milhões que serão pagos em três parcelas.


"A Prefeitura de São Gonçalo está trabalhando e se estruturando para lançar um plano de investimentos para utilização dos recursos oriundos do leilão da Cedae. O município solicitou um levantamento das principais demandas, por secretarias, para a definição das questões que serão prioritárias nos projetos a serem desenvolvidos. Já há alguns diagnósticos prontos, que preveem investimentos em programas de urbanização de bairros e reforço na segurança pública, além da criação de um fundo de investimentos, que irá garantir a manutenção financeira dos projetos a serem implementados", destacou Douglas Ruas.


Segundo o governo, a Prefeitura vem mapeando a situação de todo o município e está implantando um novo sistema de informações, a partir do mapeamento georreferenciado realizado na cidade. A expectativa é de que São Gonçalo comece a caminhar para se tornar uma “Cidade Inteligente”.


A Prefeitura está utilizando tecnologia e conhecimento topográfico para estruturar o plano de investimentos e a oferta de serviços oferecidos à população.


O sistema de informações territoriais integra o Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM). Trata-se de um instrumento fundamental que oferece detalhado banco de dados para nortear as políticas públicas e garantir a melhoria contínua dos serviços oferecidos à população. O levantamento georreferenciado abrange uma área de 220 quilômetros quadrados do município de São Gonçalo.


Com os dados obtidos a partir do levantamento, a Prefeitura diz que terá um diagnóstico preciso e detalhado da cidade, em diferentes áreas. E, a partir destas informações, poderá criar condições para implementar a melhoria na prestação de serviços, em especial o necessário controle do espaço urbano, em ações de trânsito, segurança e ocupação de solo.


Leilão

O leilão foi realizado no dia 30 de abril e arrecadou R$ 22,6 bilhões em outorgas. Este é o maior projeto de infraestrutura socioambiental do país e prevê a universalização do saneamento básico em uma área onde vivem 10,3 milhões de pessoas, o que equivale a 60% da população fluminense.


Os investimentos previstos na concessão vão garantir a qualidade da água fornecida e a despoluição de rios, lagoas e baías. Além do valor de outorga, serão investidos aproximadamente R$ 27,1 bilhões em obras e serão gerados mais de 24 mil empregos diretos e indiretos.


MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif