Governo quer privatizar Correios a toque de caixa

Por *Maria de Lourdes Nogueira

O Rolé de hoje começa com a informação do Plantão Enfoco. Segundo informações do jornal O Globo, o modelo de privatização dos Correios pretende a venda de 100% da empresa. Enviado pelo Poder Executivo, o Projeto de Lei 591/21 autoriza que os serviços postais possam ser explorados pela iniciativa privada, inclusive os prestados atualmente em regime de monopólio pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), estatal 100% pública.


O governo argumenta que a mudança no marco legal dos serviços postais é necessária porque os Correios não têm condições financeiras de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população e, ao mesmo tempo, manter-se competitivos. O projeto precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados, que tem votação marcada para a tarde desta terça-feira (6).



***

Lira não quer impeachment

No A Tribuna, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), reforçou em declaração dada nesta terça-feira (6) à imprensa, que não há justificativa para dar andamento a um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, mesmo com a abertura de investigação da Procuradoria-Geral da República (PGR), ocorrida na semana passada. Lira avalia que “neste momento, não há nenhum fato novo que justifique e que tenha alguma ligação direta com o presidente da República”.

***

Farra

Foram desviados para áreas que não têm relação com as ações contra a covid-19 R$140 milhões de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) destinados ao combate à pandemia. É o que aponta relatório feito pela procuradora do Ministério Público de Contas de São Paulo, Élida Graziane Pinto, a pedido da CPI da Covid, no Senado.


No relatório, a procuradora mostra que, dos R$72 bi de gastos extraordinários que deveriam ter ido ao SUS, R$140 milhões foram parar no Ministério da Defesa, sem qualquer justificativa. Ainda segundo a denúncia apresentada no seu relatório, os créditos extraordinários estão sendo utilizados pelo governo para burlar o teto de gastos e cobrir despesas usuais. (Toda Palavra)



***

Gás e gasolina sobem de novo

Pelo O Fluminense, a notícia é que nesta terça-feira (6) os preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha (GLP) sobem nas refinarias. De acordo com a Petrobras, a gasolina aumenta, em média, R$0,16 (6,3%), fazendo com que o litro do combustível saia de R$2,53 e chegue a R$2,69.Segundo a Petrobras, os reajustes acompanham a elevação dos patamares internacionais de preços de petróleo e derivados.


***

Cedae informa

A Cedae está realizando serviços para melhoria operacional do reservatório Querosene, localizado no bairro Trindade, no município de São Gonçalo. A ação prevê a recuperação estrutural do reservatório e aumento da oferta de água para a região.


Técnicos da Companhia estão realizando testes no sistema de abastecimento até a próxima quarta-feira (07) para reduzir os impactos das obras realizadas na estrutura do reservatório. Vale informar que clientes podem solicitar o abastecimento por carro-pipa pelo 0800-282-1195. (O São Gonçalo)



***

Maricá recebe mais doses da vacina

Encerrando o Rolé de hoje, com Maricá Info, a Prefeitura de Maricá recebeu, nesta terça-feira (06), 7.148 doses de vacinas contra a Covid-19 no Núcleo Municipal de Imunização Dr. Heitor da Costa Matta (Centro). O calendário de vacinação avança em Maricá, com o cronograma de julho iniciado nesta segunda-feira (05), imunizando pessoas sem comorbidades de 49 anos, chegando, no final desta semana, a pessoas de 45 anos.


Segundo a subsecretária da pasta, Solange Oliveira, a chegada mais regular de remessas dos imunizantes e o comparecimento da população nas datas corretas para a vacinação são essenciais para a eficiência de todo o processo.


*Estagiária.




MALUGA_2.jpg
QV1.jpg
Banner_300x250_Homem.gif