Buscar

Heróis quase anônimos, por Victor Machado


As grandes conquistas do Flamengo em 2019 já ficaram marcadas na história. Os múltiplos gols de Gabriel Barbosa o “Gabigol”, as arrancadas de Bruno Henrique, os passes de Arrascaeta e Éverton Ribeiro e o coro da torcida pelo Mister Jorge Jesus saltaram aos olhos dos admiradores do bom futebol. Entretanto, a conquista da Libertadores e do Brasileirão tem grandes heróis também nos bastidores. Um deles é o chefe do departamento médico Márcio Tanure que recuperou em tempo recorde titulares fundamentais para as conquistas. Além dele a comissão técnica portuguesa com destaque para o auxiliar João de Deus foi um verdadeiro espetáculo. Por fim, as contratações do Vice de futebol Marcos Braz e o gerenciamento do elenco feito por pelo supervisor Paulo Pelaipe são dignos de aplausos. Sem esquecer do ex presidente Eduardo Bandeira de Melo, que iniciou em 2013 essa caminhada.

Alívio

Botafogo e Fluminense conseguiram importantes vitórias na rodada do final de semana e desgrudaram da zona de rebaixamento. As magras vitórias trouxeram alívio para os times e torcidas, porém o número mágico de 43 pontos, que salvam da degola, ainda não foi alcançado. Avaí, Chapecoense e CSA já estão rebaixados. Cruzeiro e Ceará são sérios candidatos a ocupar 17ª posição que leva a Série B em 2020, bom para os cariocas.


Força “Profexô”

Vanderlei Luxemburgo foi submetido nesta terça-feira a uma cirurgia de raspagem no nariz para tratar do câncer de pele do qual foi diagnosticado. O procedimento, considerado simples, foi bem sucedido, e o treinador vai comandar o Vasco na partida contra o São Paulo, na quinta-feira. O nosso “Profexô”, tirou o Vasco da zona de rebaixamento e pode até beliscar uma Copa Sulamericana.


Victor Machado é professor de Geografia e Sociologia.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon