Buscar

Incêndio em ala de Covid-19 deixa um morto em hospital de São Gonçalo

Segundo os Bombeiros, no local teria ocorrido uma explosão antes do incêndio, que atingiu do quinto ao sétimo andar do prédio

Pacientes foram levados para outras unidades/Foto: Reprodução

Um incêndio que ocorreu ontem (24) no Hospital e Clínica de São Gonçalo, no Centro da cidade, deixou um morto e pelo menos três pessoas feridas. A vítima fatal foi identificada Carlos dos Santos, 62 anos, que estava internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) no setor dedicado a pacientes com Covid-19. Segundo os Bombeiros, o homem morreu carbonizado.


O Corpo de Bombeiros foi acionado pouco antes das 14 horas. Equipes dos quarteis do Colubandê, Niterói, Central e Diretoria de Socorro de Emergência e de Manutenção de Suprimentos atuaram na unidade por 6 horas até as chamas ficarem totalmente controladas pelos brigadistas.


Segundo a corporação, no local teria ocorrido uma explosão antes do incêndio, que atingiu do quinto ao sétimo andar do prédio.


A assessoria de imprensa do hospital informou que havia nove pacientes na ala atingida, que possuía 10 leitos de CTI para Covid-19. Dois pacientes foram transferidos para outras unidades do município e os demais recolocados na própria unidade. As três pessoas que ficaram feridas não tiveram seus estados de saúde revelados.


Até o momento, as causas do incidente ainda não foram esclarecidas.


Outros casos

Num período de dez anos ao menos dez unidades hospitalares foram atingidas por incêndios no Rio. Um dos casos mais recentes foi do Hospital Badim, na Tijuca, Zona Norte do Rio, no ano passado, onde 25 pessoas morreram, sendo 13 por causas ligadas diretamente ao incêndio. No mês de outubro, outro incêndio ocorreu, dessa vez no Hospital Federal de Bonsucesso, também na Zona Norte, que deixou três mortos.




MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon