Buscar

Lançamento de 'Cambada' reafirma cena literária gonçalense

Com Banca de Notícias

O escritor Rodrigo Santos (direita, ao lado de Erick Bernardes) prestigiou o lançamento/Foto: José Francisco Rodrigues

A noite de 27 de setembro foi realmente a personificação da definição do substantivo Cambada, que dá nome ao mais recente livro do escritor gonçalense Erick Bernardes.


Uma noite marcada pela união de diversas pessoas, de diferentes tribos e grupos, reunidas para prestigiar o lançamento do livro “Cambada – crônicas papa-goiaba”. Um livro, sob o selo da editora Apologia Brasil, que narra as 40 primeiras histórias sobre bairros de São Gonçalo, contadas por Erick. “Cambada”, como o próprio nome sugere, é um livro que nasceu da produção coletiva, ou seja, de relatos contados ao autor, que se transformaram em crônicas (lançadas todos os domingos no site do Jornal Daki).


O evento aconteceu no espaço +Conhecimento dentro do Partage Shopping no Centro de São Gonçalo, e teve na coordenação do evento as professoras Helena Correa, Daniele Lidugério e Karla Porto. Cerca de 60 pessoas passaram pela sala multiuso para parabenizar e abraçar o autor.

O lançamento do livro “CAMBADA CRÔNICAS DE PAPA-GOIABAS” pelo escritor Erick Bernardes traduziu em nós gonçalenses a convicção de que temos local e importância histórica e social. Ver nossas histórias e memórias eternizadas em suas crônicas e a reação do público a isso é perceber o empoderamento de um povo que aprende a dizer com propriedade: sou de São Gonçalo, sou gonçalense e valorizo meu chão. (...) Vamos rumo a novos sonhos, projetos e realizações, pois somos desses! - Helena Correa.

O evento foi marcado pela emoção do escritor Erick Bernardes, que contou como tudo começou e como a trajetória das contações de histórias locais se iniciou.


- Uma da primeiras coisas que a gente aprende nas aulas de literatura é sobre a incapacidade de se traduzir sentimentos por meio de palavras. E ontem isso se mostrou uma verdade, o embargo da minha voz venceu o discurso que eu havia preparado, meus amigos: não dei conta de demonstrar tamanha gratidão pela acolhida nos corações de vocês - disse, emocionado, Erick.


Diversas personalidades da cultura da cidade compareceram no lançamento, reafirmando a força da cena literária gonçalense, entre eles o cordelista Zé Salvador, o trovador e prosista Gilvan Carneiro, o escritor Rodrigo Santos, o jornalista Rennan Rebello e o escritor e articulista Mário Lima Jr., mostrando a importância da obra de Bernardes para a história do município, assim como quebra de paradigma de que São Gonçalo é uma cidade sem passado.


O jornalista Helcio Albano, editor de Cambada, esteve presente ao lançamento e arremata:


- O Erick é um escritor de mão cheia, literalmente. Olha a cidade com os olhos de amor que ela merece. É estudioso, e isso faz toda a diferença no produto final que são os seus maravilhosos textos. Conviver com o Erick para nós da editora Apologia Brasil é um privilégio, e tê-lo aos domingos no Daki é um privilégio e meio. Para um outro privilégio inteiro só mesmo com o 2º volume do Cambada.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon