Buscar

Magnifique, por Fábio Rodrigo


Lucian era um jovem apaixonado por culinária francesa. Quando soube que seu professor estaria novamente no Brasil para realizar um curso de férias, fez questão de convidá-lo para que ficasse hospedado em sua casa. Seria a oportunidade de mostrar a ele seus dotes culinários. Além disso, seria uma honra poder receber em sua casa um dos mais respeitados chefs de cozinha do mundo.


Logo no primeiro dia, tratou de preparar um saboroso cassoulet. Seu professor ficou encantado com a comida e rasgou elegios a Lucian. A esposa de Lucian procurava compactuar com os elogios. “Está realmente saboroso”, diz ela. No dia seguinte, foi a vez de servir um coq au vin. Mais uma vez, o professor se rendeu ao sabor da comida. A todo momento dizia: “Magnifique”. Não era à toa que Lucian havia sido seu melhor aluno. A esposa de Lucian sempre concordava com tudo.

E assim, cada dia era um prato diferente: Bouillabaisse, Mouclade Charentaise, Carbonnade Flamande, Bœuf Bourguignon, Blanquette de Veau, Hachis Parmentier... Na hora da sobremesa, profiteroles, macarons, petit gâteau... E os elogios se renovavam a cada dia, o que envaidecia ainda mais Lucian. Enquanto o professor emitia diferentes interjeições para demonstrar tamanho prazer degustativo, a esposa de Lucian se contentava em sorrir.


Durante todos os dias da semana, o grande professor pôde aproveitar da gastronomia francesa em território brasileiro e da companhia do simpático e atencioso Lucian, que fez jus ao título de melhor aluno. Lucian deu toda a atenção ao seu professor durante o período em que o hospedou em sua casa.


Por fim, depois de uma semana, era hora de regressar a França. O professor agradeceu muito pela receptividade. Ao se despedir, prometeu voltar em breve ao Brasil para dar outro curso de férias. Logo após o professor sair pela porta, a esposa de Lucian perguntou injuntivamente ao seu marido:


‒ Agora já podemos voltar a comer bife com batata fria, amor?


E Lucian, ao reconhecer o esforço de sua esposa em nunca discordar do grande chef internacional, respondeu de forma piedosa:


‒ Com certeza, meu amor.

Fábio Rodrigo Gomes da Costa é professor mestre em Estudos Linguísticos.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon