Buscar

Morte de idosa atropelada revolta moradores do Zé Garoto

Instalação de semáforo é reivindicada onde ocorreu o atropelamento


Por Cláudio Figueiras

Moradores se reuniram com o vice-prefeito Ricardo Pericar, que prometeu pedir a instalação de u semáforo no local/Foto: Divulgação

O atropelamento e morte de uma idosa nesta segunda (1), no Zé Garoto, revoltou os moradores do bairro.


A vítima, Dona Eleonora Pinto, de 80 anos, comerciante, proprietária do tradicional Bar da Ponte, na Brasilândia, era muito conhecida e querida na região, e segundo relatos de vizinhos e amigos, morreu de forma estúpida.


Isso porque a tragédia poderia ser evitada se a Prefeitura tivesse instalado um semáforo num trecho perigoso da Avenida Presidente Kennedy, onde ocorreu o acidente, reivindicação antiga de quem mora na região e se arrisca todos os dias ao atravessar a via.


- Acredito que se esse semáforo tivesse sido instalado tempos atrás, ela (D. Eleonora) ainda estaria entre nós. A prefeitura sempre disse que não tinha necessidade de um semáforo aqui, pois havia dois "próximos" e que as pessoas deveriam andar até eles para atravessar a avenida - disse Tuan Guedes, vizinho de D. Eleonora.


A avenida possui um semáforo no cruzamento para a Igreja Matriz de São Gonçalo, na chamada 'mão inglesa' na Brasilândia, e outro após o Clube Tamoio, no sentido Niterói. A distância entre um e outro semáforo é de aproximadamente 650 metros. Uma infinidade para alguém com mais de 70 anos.


O atropelamento ocorreu exatamente na metade do caminho, na altura do número 140, entre um e outro semáforo, numa área de pista mais larga onde os automóveis circulam com maior velocidade. O que justificaria, senão um semáforo, pelo menos um sinalizador luminoso intermitente, placas fixas e faixas terrestres lembrando prudência aos motoristas.


A Prefeitura, em nota, através da Secretaria de Transportes, disse que "existe um sinal em funcionamento a cerca de 20 metros do local, com toda a sinalização vertical e horizontal (faixa para pedestres) pertinente".


A informação não é de todo incorreta. Mas o semáforo a "20 metros do local" não tem nada a ver com a Presidente Kennedy. Na verdade, o sinal fica na via paralela, na Rua Francisco Portela, em frente à Câmara de Vereadores.


A Secretaria continua, dizendo que "não existe a possibilidade de instalação de dois semáforos no local, visto que a distância é muito pequena, o que congestionaria de forma contundente o trânsito da região".


E finaliza: "Destacamos novamente que o local é sinalizado e possui presença constante de guardas municipais, logo, existe a questão da conscientização por parte da população, que deve atravessar na faixa de pedestres".


O sepultamento de D. Eleonora Pinto foi realizado na tarde de hoje (2) no Memorial Parque Nycteroy, em Laranjal. A família optou por este cemitério por não ter restrições sanitárias devido à pandemia de Covid-19.


O vereador Prof. Paulo (PCdoB) e o vice-prefeito Ricardo Pericar estiveram no local, se solidarizaram e conversaram com os moradores.


Pericar se comprometeu em abrir um pedido na Prefeitura de instalação do semáforo naquele trecho da avenida.


- Se não der certo, voltarei ao local para expor o motivo pelo qual não fui atendido - disse Pericar aos moradores, que prometem fazer um grande protesto e fechar a Presidente Kennedy caso nada seja feito.


Veja vídeo com o desabafo de Tuan Guedes, no local onde houve o atropelamento.

Atualizado às 14:29 horas do dia 3 de junho de 2020.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon