Buscar

Mortes desfalcam linha de frente de combate à Covid-19 em SG; Maricá há 10 dias sem óbitos e mais


Foi um final de semana triste em São Gonçalo. Três médicos, um técnico de enfermagem e um funcionário de apoio do Hospital Alberto Torres (Heat), que atuavam na linha de frente nas unidades de saúde de São Gonçalo, morreram de covid-19. É um desfalque importante ao combate da doença.


Uma das vítimas foi o médico e ex-vereador Augusto Senna, sepultado na manhã deste domingo sob forte comoção e homenagens. Os jornais O Fluminense, O São Gonçalo e Plantão Enfoco e o portal G1, registraram.


Segundo levantamento do jornal O Globo publicado no dia 21 de maio, portanto antes das mortes dos profissionais de saúde de São Gonçalo, 113 médicos e 143 enfermeiros já tinham morrido vítimas da doença no Brasil. O Rio de Janeiro lidera o número de casos no país. Até a data de publicação, já eram 36 enfermeiros e 30 médicos mortos.


E com o sugestivo título de "Agora vai", A Tribuna informa que o Iabas vai inaugurar Hospital de Campanha de São Gonçalo nesta terça, 26. Serão pelo menos 10 leitos com respiradores que estarão prontos para receber pacientes a partir de quarta, 27. E o prefeito José Luiz Nanci também anunciou abertura de mais 11 leitos no Hospital Luiz Palmier (Jornal Daki).


Niterói, que reabriu hoje parte do comércio dentro do plano de transição gradual para o 'novo normal' criado pela Prefeitura (Plantão Enfoco), nos obriga a fazer um outro tipo de transição, desta vez da editoria 'Pandemia' para Polícia. Destaca O Fluminense compra de álcool em gel é investigada pela Polícia Civil e MPRJ.


E o delegado Allan Duarte, da DHNSG, ouviu nesta segunda depoimento de médico que socorreu o adolescente João Pedro Matos, de 14 anos, no Salgueiro (A Tribuna). E familiares devem prestar depoimentos ainda nesta semana (Plantão Enfoco).


A boa notícia em meio à pandemia é a cidade de Maricá estar há 10 dias sem registros de mortes por Covid-19 (LSM). O município inaugurou hoje laboratório em parceria com UFRJ para realizar 300 testes de coronavírus por dia.


O novo equipamento, pioneiro no estado, tem capacidade para realizar até 300 testes de detecção do novo coronavírus por dia, com os resultados sendo conhecidos em 72 horas (Maricá Info).


E essas são as principais manchetes de hoje às 18:41 horas.




MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon