Buscar

Na Câmara, por Helcio Albano

Essa semana fui à Câmara promover o livro Cambada: crônicas de papa-goiabas escrito pelo nosso colunista Erick Bernardes e editado por mim. E já adianto que o lançamento da obra naquela Casa será no dia 27 de novembro, em meio às comemorações do Dia da Consciência Negra. Reencontrei muitos amigos e pude tomar um cafezinho com um dos vereadores decanos de nossa cidade.


De cara, falou que Zé Luiz tem chances reais de chegar ao 2º turno se o cenário se mantiver com 6 ou 7 candidatos: “Dizem por aí que ele tem 70% de rejeição, mas digo a você que esses 30% que sobram vão levá-lo para o 2º turno - garantiu.


Sobre a candidatura de Filippe Poubel, sustenta o que sempre diz esse escriba: é blefe. A ‘macheza’ de Poubel se resume ao ‘botequim de dona Candinha’, porque dentro de casa (Maricá), onde fez sua carreira política, não arranja nada contra Quaquá e o PT: “Se ele fosse tão brabo e bom como se diz, encarava o PT em Maricá. Ninguém, e talvez nem ele se leve a sério. Não se surpreenda se o PSL vier a apoiar a reeleição do Zé aqui em São Gonçalo”, continuou, polêmico.


E finalmente arremata: “A prefeitura, mesmo sem recurso, tá com a máquina azeitada. Imagina se o Zé der um banho de asfalto em São Gonçalo?”


Nessa semana a prefeitura reativou a usina de asfalto em parceria com uma construtora.


Plus

Ora, ora, o que faz o vereador Professor Paulo (PCdoB) ao lado do ilustre jornalista gonçalense Rujany Martins, ostentando em uma das mãos o maravilhoso livro sobre história dos bairros gonçallenses escrito pelo Erick Bernardes? Não, não é o Rujany de verdade, que está muito bem, obrigado. Mas sua representação em cera feita pelo artista plástico Paulo Nunes.


A exposição “Olhares de São Gonçalo”, inaugurada na Câmara no dia 10/9, acontece em homenagem ao aniversário de São Gonçalo, que completa no próximo dia 22, 129 anos de emancipação político-administrativa.


No acervo da exposição estão uma série de esculturas de cera em homenagem a personalidades da cidade,além de quadros que também foram pintados por Paulo Nunes.

Entre algumas obras, há importantes nomes, como os ex- prefeitos Joaquim Lavoura, Osmar leitão e Darcy Pereira Nunes. Além de George Savalla Gomes, o palhaço Carequinha, João Luiz de Souza, o João do Corujão, entre outros.


- Nessa exposição eu quis reunir personalidades que fizeram e outras que ainda fazem história em São Gonçalo. Sendo assim,todo o meu trabalho é voltado para essa cidade em que eu sempre vivi - disse Paulo Nunes.


A exposição fica na Câmara, de 9h as18h até o dia 30 de setembro e a entrada é franca.


Com Lislane Rottas.

Helcio Albano é jornalista editor do Jornal Daki.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon