Buscar

Na véspera de retorno às aulas presenciais, SG divulga ter baixo risco de infecção do coronavírus

Segundo Secretaria de Saúde, Covidímetro permanece na fase 1

Escolas retornam nesta segunda de modo presencial/Foto: Divulgação

São Gonçalo permanece na fase 1 (amarelo 1), risco baixo de contaminação de coronavírus, pela sétima semana consecutiva, segundo informa a Secretaria de Saúde (SEMSA). A cidade, que terá o retorno das aulas presencias da rede municipal nesta segunda (01/03) contabilizou na semana 07/2021, de 14 a 20 de fevereiro, quatro pontos.


O levantamento aponta que a cidade obteve dois pontos de variação de pacientes internados, caiu dois pontos em relação à semana anterior, e outros dois pontos na variação de óbitos por covid-19.


Na semana 07/2021, os indicadores apontaram 34% de ocupação de leitos de UTI adulto. Na semana anterior, eram 46% (0 ponto); 26% de ocupação de leitos de enfermaria, na semana anterior eram 29% (0 ponto); 0,73 de variação de óbitos pelo Coronavírus (2 pontos), na semana anterior foi de 0,48 (0 ponto); 0,86 de variação de pacientes internados (2 pontos), na semana anterior foi de 1,10 (4 pontos); e -58% dos casos notificados na última semana comparada a semana anterior (0 ponto), na semana anterior foi de -28% (0 ponto).


Para ter a fase de risco determinada são avaliados cinco indicadores, que são: capacidade de leitos de UTI, capacidade de leitos de enfermaria, variação de óbitos por covid-19, variação de novos casos e variação de pacientes internados. Dependendo dos números do sistema municipal de saúde, a cidade vai contando alguns pontos. Com o total, a cidade é colocada em uma fase. São cinco no total, sendo o amarelo 1 (fase 1) - o de risco mais baixo (variação de 0 a 9 pontos) e o vermelho escuro (fase 5) com maior risco de contaminação (com pontuação maior que 40).


É importante ressaltar que as avaliações de confirmação de óbitos sofrem alterações, diariamente, e que são referentes a datas retroativas devido ao processo de investigação da Vigilância Epidemiológica com base em resultados dos testes realizados pelos pacientes.

Embora os índices tenham melhorado, o vírus ainda está circulando na cidade e é indispensável que a população continue com as medidas de prevenção, como manter o isolamento social, usar máscaras e manter as mãos limpas. Também vale lembrar que o município possui gestão apenas das unidades da rede municipal de saúde e que, por este motivo, a análise dos indicadores são referentes a estas unidades.


Boletim

De acordo com o boletim atualizado nesta sexta, a cidade registrou sete óbitos em decorrência da covid-19, chegando a 1.421 no total.


Até o momento, São Gonçalo contabiliza 54.937 casos confirmados, 50.527 curados, 48 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 2.941 em quarentena domiciliar, 50 óbitos em investigação e 1.421 óbitos confirmados.


Os óbitos lançados no boletim de hoje são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.




MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon