Buscar

Niterói revoga repasse de R$ 45 milhões para HC; São Gonçalo não terá tapetes de Corpus Christi


Você compraria um carro usado do governador Wilson Witzel ou de qualquer secretário do Careca de Jundiaí? Pois é. Os vereadores de Niterói não comprariam. E, por unanimidade, revogaram o repasse da verba de R$ 45 milhões ao hospital de campanha de São Gonçalo (A Tribuna). A votação foi realizada ontem (3) e a revogação seguiu para aprovação do prefeito Rodrigo Neves que já sancionou hoje em Diário Oficial (Plantão Enfoco).


A justificativa de anulação da doação, segundo o jornal, é que não houve a apresentação de um plano de trabalho detalhado de execução de serviços para a construção do hospital por por parte da Secretaria Estadual de Saúde. O mesmo motivo também havia levado a prefeitura de Maricá a ter cancelado o repasse de verba.


O governo Witzel, por sua vez, banca a inauguração da unidade de saúde. Dia 12 de junho é a nova possível data informada pela Secretaria para a inauguração do Hospital, informa O São Gonçalo. Mas nada concreto. A novela continua com grande chance de um final infeliz, como infeliz é a notícia de que os tapetes de Corpus Christi não serão confeccionados este ano na cidade (Plantão Enfoco).


E na primeira manhã do afrouxamento das restrições em Maricá, o Centro da cidade ficou lotado, como registra o LSM. De acordo com as novas regras, grande parte do comércio reabre, mas com meio expediente.


Finalizando o Rolé de hoje às 14:27 horas, defensores que integram o Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos (NUDEDH) e que acompanham o caso João Pedro consideram precipitada a reconstituição do crime para o próximo dia 9, como quer a DH (Plantão Enfoco).


No depoimento realizado nesta semana, familiares e amigos do adolescente que estavam na residência no momento do assassinato, negaram terem visto bandidos dentro da casa no momento do tiroteio.


Boletim Covid-19 atualizado.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon