Buscar

Novo prefeito de São Gonçalo é suspeito de comandar projeto social, por Mário Lima Jr.


Prefeitura/Foto: Divulgação

No primeiro dia após a posse de Gilson Estrada como prefeito de São Gonçalo, a população da cidade já acordou com uma notícia boa. Uma investigação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público foi divulgada para a imprensa, no início da madrugada, contendo provas sólidas de que Gilson comandou, secretamente, um projeto social durante mais de uma década. Centenas de jovens negros e pobres moradores das comunidades mais perigosas da cidade teriam sido beneficiados com formação educacional e emprego. Questionado durante a investigação, Gilson alegou que salvar vidas sempre foi seu sonho, desde que era criança. Ganhar popularidade política fazendo o bem não era sua intenção, por isso atuava em segredo. A notícia pode mudar completamente os rumos da gestão de Gilson como prefeito e o destino de São Gonçalo. Citada como uma cidade sem glamour pela revista The Economist, visto pelos veículos nacionais como o primo pobre dos demais municípios da região Leste Fluminense, a cidade com mais denúncias de barricadas do tráfico de drogas em todo o Estado do Rio de Janeiro tem a chance de adotar métodos de respeito mútuo, honestidade e cooperação humana nunca vistos na história da sua administração.

“O Gilson é assim, um herói pra gente”, disse Marcos, de 23 anos. O jovem participou do projeto social “Eu amo São Gonçalo”, supostamente comandado por Gilson Estrada, dos 17 aos 20 anos, período em que recebia gratuitamente alimentação, aulas de Inglês, de programação e monitoria para concluir o Ensino Médio. Contratado por uma empresa gonçalense de tecnologia, Marcos espera ser capaz de um dia retribuir a ajuda recebida. Quando ingressou no programa, ele traficava maconha e cocaína e tinha uma longa ficha criminal que incluía diversos assaltos à mão armada. – O próprio Gilson se aproximou de mim, falou do projeto, anotou o telefone dele num papel e me entregou. No outro dia eu liguei e nunca mais coloquei a mão em uma pistola. Ficou feliz que ele tenha sido eleito prefeito de São Gonçalo.


Nossa equipe tentou contato com o prefeito mas não foi possível agendar um encontro antes da publicação dessa reportagem. Gilson tem dialogado com diversos setores sociais para impedir que o mundo do crime arraste jovens como Marcos. A pasta da Cultura foi separada da secretaria de Esportes e Lazer para que essas áreas tenham os recursos, a autonomia e o foco que merecem em benefício da juventude.


De acordo com as investigações, além de Gilson Estrada é possível que mais quinze pessoas estejam envolvidas no esquema secreto de recuperação de jovens gonçalenses. Parte do grupo compõe o secretariado do novo prefeito. A Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro incluiu o projeto “Eu amo São Gonçalo” entre os indicados do 10° Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos.

Mário Lima Jr. é escritor.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon