Buscar

O que restou da quarentena: aulas ficam suspensas até 31 de julho em SG

De resto, tudo liberado

Molecada continua em casa/Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Gonçalo decidiu manter as aulas suspensas até o dia 31 de julho. O decreto assinado pelo Prefeito José Luiz Nanci foi publicado nesta segunda-feira (22) no Diário Oficial do Município e abrange todas as unidades de ensino da cidade. O documento ressalta que este prazo pode ser revisto a qualquer tempo.

A medida, segundo documento, "tem o único objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação da Covid-19, doença provocada pelo Coronavírus". Ainda segundo o decreto, "é preciso considerar a necessidade de proteção à saúde de alunos, professores e demais servidores".


Os profissionais da Educação são os únicos servidores que não normalizaram o expediente normal na Prefeitura, segundo sindicato da categoria.

O decreto finaliza considerando que "a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco da doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação", citando os artigos 196 e 197 da Constituição da Federal.


As atividades acadêmicas e escolares são as únicas que ainda sofrem restrição de funcionamento no município, que já liberou a reabertura do comércio lojista e ambulante e de igrejas. Exceção são os cinemas, que continuam fechados nos shoppings.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon