Buscar

Paraquedista morre no dia em que comemorava 40 anos de atividades


E o Rolé volta do feriadão e 7 de setembro com uma notícia inusitada em O São Gonçalo: "Tráfico engana público e coloca atração diferente em baile no Complexo do Salgueiro".


Milhares de pessoas foram até o Complexo do Salgueiro, na noite desta segunda-feira (7), ansiosos pelo show de um conhecido grupo de pagode, que possui mais de 1 milhão de seguidores em uma rede social, e acabaram sendo enganados por traficantes do Comando Vermelho, que “responsáveis” pela organização do “bailão”, acabaram levando uma outra atração para a festa, que “varou” a madrugada e tirou o sono dos moradores da localidade.


Um frequentador reclamou, #xatiado: “Deve ser ruim né, você ir pro baile pra ver o M* e chega lá é o cantor do Grupo D*”, diz um comentário nas redes sociais.


Mais uma vítima de bala perdida em São Gonçalo (A Tribuna): A vítima foi atingida no pescoço durante uma abordagem feita a um criminoso por policiais civis da delegacia de Neves, a 73ª DP. Os agentes passavam pela Rua Doutor Pio Borges, no Pita, quando se depararam com um assalto em andamento a um motorista de entregas. O ladrão ao ser abordado pelos policiais em uma viatura descaracterizada correu atirando para trás, de acordo com os agentes envolvidos na ocorrência.

Ainda na Tribuna: "Filho de Flordelis acusado de falsificar carta pode ser solto". Um parecer feito no último dia 4 pelo promotor de justiça Carlos Gustavo Coelho de Andrade da 3ª Vara Criminal de Niterói concordou com o pedido de liberdade feito pela defesa de Adriano dos Santos Rodrigues, um dos filhos biológicos da deputada, preso Complexo de Gericinó, no Rio.


E uma tragédia envolvendo um morador de Maricá: Paraquedista morre após cair de altura de 10 metros durante evento (O São Gonçalo).


O paraquedista Jorge Luiz Dantas, de 62 anos, morreu após cair de uma altura de 10 metros durante um evento para comemorar o aniversário de 40 anos da formação da turma de 1980 de paraquedistas do Exército Brasileiro, que foi realizado no último domingo, em Bangu, no Rio de Janeiro. Morador de Itaipuaçu, em Maricá, o cabo Dantas tinha mais de 20 anos de experiência na área de paraquedismo. Até o momento, não se sabe as causas do acidente. 


Fechando o Rolé às 19h48 com a finalização do inquérito sobre a morte do sambista em Niterói: o incêndio em sua casa não foi criminoso (Plantão Enfoco).


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon