Buscar

Parece um sonho, por Victor Machado


Com fome de gols, o Flamengo encantou 70 mil torcedores que lotaram o estádio do Maracanã, milhões pela tela da TV na noite desta quarta-feira e simplesmente humilhou o Grêmio, com uma atuação de gala goleando por 5 a 0. Bruno Henrique, Gabigol (2x), Pablo Marí e Rodrigo Caio marcaram. O Flamengo volta à final da Copa Libertadores 38 anos depois. Definitivamente, o placar final do jogo de ida foi enganoso, centímetros flagrados pelo VAR evitaram uma contundente vitória flamenguista. Em sua casa e com sua gente o rubro negro foi impiedoso desde o início. Na arquibancada e nas ruas muitos torcedores não sabiam como comemorar, muitos nunca tinham sentido essa emoção.

Mister! Mister! Mister!

Jorge Jesus, técnico português, há somente quatro meses no Brasil teve seu nome mais uma vez gritado pela torcida. Seu time disputa a bola como se fosse um prato de comida. E como são rápidos os meias e atacantes! É o melhor Flamengo já visto desde a era Zico. O “Mister” está dando uma grande aula aos técnicos brasileiros, inclusive ao senhor Tite.


Plantão Médico

As rápidas recuperações físicas de Rafinha (fratura na face) e de Arrascaeta (operação no joelho) surpreenderam até mesmo o mais otimista flamenguista, ambos foram decisivos em campo. O departamento médico do Flamengo deixou a disposição do técnico Jorge Jesus todos os titulares em excelentes condições físicas. Completo o Flamengo já demostrou não ter adversários no Brasil.


Argentinos perigosos

A final da Copa Libertadores será contra o River Plate em jogo único. A partida será realizada no dia 23 de novembro, por enquanto, No Estádio Nacional, em Santiago, no Chile, país que passa profunda crise política.


Victor Machado é professor de Geografia e Sociologia.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon