Buscar

Pedido do Auxílio Emergencial já pode ser feito nos Correios

Apesar de atrasos no pagamento, a medida atende pessoas que não têm acesso à internet para solicitar benefício


De Brasil de Fato

O governo espera atender 27 milhões de solicitações através dos Correios - Foto: Elza Fiuza/ Agência Brasil

População sem acesso a meios digitais poderá fazer o cadastro para receber o Auxílio Emergencial nas agências dos Correios. A medida veio após acordo entre o Ministério da Cidadania e a estatal. 

A partir desta terça-feira (9), as mais de seis mil agências dos Correios estão habilitadas a fazer o cadastramento – de forma gratuita - de quem precisa do benefício. A expectativa é realizar até 27 milhões de atendimentos. 

Para pedir o cadastramento nos Correios, o interessado deve apresentar documento de identificação oficial com foto, em que conste também o nome da mãe do beneficiário; CPF do usuário e dos membros da família que dependem da renda do titular; dados bancários ou documento de identificação para solicitar abertura de Conta Social Digital, em nome do titular. 

Quem realizar o cadastramento nos Correios poderá consultar o andamento do pedido em qualquer agência da empresa após o prazo de dez dias para análise. Para a consulta, deverá levar o comprovante do atendimento de cadastro e o CPF. 

Para evitar aglomerações, foi estabelecido um calendário para a solicitação do cadastro do Auxílio Emergencial nas agências, conforme o mês de nascimento do cidadão. Na segunda-feira, serão atendidos os nascidos em janeiro e fevereiro; na terça-feira, os nascidos em março e abril; quarta-feira, é o dia dos nascidos em maio e junho; quinta-feira, os aniversariantes de julho, agosto e setembro; e na sexta-feira, os nascidos em outubro, novembro e dezembro.

MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon