Buscar

PM e mais três suspeitos são mortos a tiros em São Gonçalo


O Rolé de hoje, quinta (9) narra um dia violento em São Gonçalo. Até às 18h09 ocorreram, em três bairros diferentes, quatro assassinatos, sendo um deles do sargento da Polícia Militar, identificado como Leandro dos Santos Tinoco, de 37 anos, que morreu durante uma troca de tiros no bairro Almerinda. O militar estava de folga e trabalhava como segurança em um ferro-velho (A Tribuna).


Como desdobramento desse caso, o 7ºBPM montou uma operação no mesmo bairro para localizar os assassinos do sargento. Durante as buscas, um homem acusado de tráfico foi morto e um segundo foi preso (O São Gonçalo).


No Barro Vermelho, outro homem foi morto após troca de tiros com PM (O São Gonçalo). De acordo com informações dos PMs, a equipe estava realizando um patrulhamento na região com o intuito de coibir roubos de veículos, quando foram recebidos a tiros por criminosos na Rua Siqueira Campos.


Já no Pacheco, segundo o Plantão Enfoco, um homem não identificado foi encontrado morto com marcas de tiro na Rua Francisco José da Silva, atrás do cemitério do Pacheco.


Duas jovens, de 14 e 16 anos, moradoras do Itaúna, estão desaparecidas há dois dias (O São Gonçalo). As duas adolescentes saíram juntas de casa por volta de 13h dizendo que iriam comprar açaí no bairro em que moram. Porém, elas acabaram mudando o percurso e foram até o bairro vizinho, no Salgueiro, onde desapareceram.


Maricá, em apenas 24 horas, registrou duas mortes de policias militares por Covid-19. O Sargento Bruno Viegas, de 48 anos, faleceu nesta quarta-feira (08) no novo hospital de Maricá (LSM).


Boletim Covid-19 atualizado segundo dados consolidados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro em 8 de julho. O site da SES está fora do ar não sendo possível a atualização de hoje, 9.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon